Guarda Municipal divulga balanço da Operação Carnaval

A Guarda Municipal de São Carlos durante os dias de carnaval, com intuito de inibir furtos e danos nos prédios públicos, intensificou o patrulhamento preventivo. A ação começou as 18h do dia 25 fevereiro e foi realizada até às 22h do dia 2 de março.
Durante esse período foram realizadas 68 operações de saturação, 23 atendimentos de medidas protetivas e 108 atendimentos de alarme. As três Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) receberam apoio durante 24h. No total foram gerados 563 empenhos de atendimentos dos variados serviços prestados pela Guarda Municipal.


As operações de saturação foram realizadas nos seguintes prédios públicos: fábrica da Prohab, CEMEI Marli de Fátima Alves, CEMEI Vicente Rocha Keppe, CEMEI Homero Frei, CEMEI Benedita Sthal Sodré, CEMEI Ruth Bloen Souto, CEMEI Carmelita Rocha Ramalho, CEMEI Professor Bento Prado, CEMEI Helena Dornfeld, CEMEI Antônio Cotrim, CEMEI Pedro Pucci, CEMEI João Muniz, CEMEI Maria Alice Vaz, CEMEI Olivia de Carvalho, CEMEI Enedina Montenegro Blanco, CEMEI Juliana Perez, CEMEI Vicente Botta, CEMEI Homero Frei, CEMEI Ida Vinciguerra, CEMEI Bruno Panhoca, CEMEI Maria Lúcia Marrara; EMEB Artur Natalino Deriggi, EMEB Dalila Galli, CAIC, UBS Vila São José, UBS Vila São José, UBS Antenor Garcia, UBS Jockey Club, USF Cruzeiro do Sul, USF São Carlos VIII, USF Santa Angelina, USF Arnon de Mello, USF Jardim São Carlos, UBS Vila Isabel, USF Cidade Aracy, Centro Municipal de Especialidades (CEME), CRAS Castelo Branco, Biblioteca Amadeu Amaral, Defesa civil, Seção de Patrimônio da Saúde, Cemitério Santo Antônio de Pádua e Cemitério Nossa Senhora do Carmo.
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Samir Gardini, a Guarda Municipal também participou de operações juntamente com o Departamento de Fiscalização da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano. “Além dessa operação nos prédios públicos, intensificamos o patrulhamento nas UPAS, com intervenções pontuais, conduzimos um indivíduo que estava causando danos próximo a Santa Casa, e também registramos muitas situações envolvendo repúblicas de estudantes”, relata o secretário.