Homem mata travesti e arranca seu coração em Campinas

Um homem de 20 anos foi preso depois de matar uma travesti e arrancar seu coração num bar que fica no Jardim Marisa em Campinas nesta segunda, 21. O detido Caio Oliveira, confessou o crime.

Segundo consta, o homem teria dito que conheceu a vítima no bar no domingo, ele alega que teve um relacionamento com a travesti e que depois a matou e retirou seu coração. O nome de registro da travesti era Jenilson José da Silva.

O coração de Jenilson foi encontrado num guarda-roupa na casa do autor, ele também colocou uma imagem de uma santa sobre o corpo. O Batalhão de Ações Especiais (BAEP) alega que o assassino confesso ainda teria roubado aparelhos eletrônicos da travesti.

Oliveira alegou, segundo o G1, que a travesti “era um demônio”. O caso agora está com a Seccional de Campinas. A área foi periciada.

Com informações do G1

Foto: Divulgação/PM de Campinas