Homenagem: O grande professor sempre será eterno em nossos corações

A partida do professor Wanderley Martins de Oliveira é um duro golpe para a educação em São Carlos. Depois de publicar a triste, mas carinhosa nota da EMEB Dalila Galli recebi inúmeras mensagens de pessoas entristecidas com o acontecimento e nelas apenas palavras de carinho, afeto e sobretudo respeito por um homem que se dedicou à educação.

Se dedicar a educar, passar conhecimento, responsabilidade, lições de vida, são para poucos e o professor Wanderley foi um desses mestres que durante toda a sua trajetória no magistério foi capaz de expressar com grande intensidade o que é ser professor, uma tarefa das mais belas, mas que infelizmente tem sido desvalorizada ao longo dos anos por governos municipais, estaduais e federais que nunca olharam para a educação com o devido respeito.

Muita gente crê que os alunos e ex-alunos atualmente não ligam mais para a educação, para a escola pública, mas penso que vivemos o contrário, basta ver a quantidade de carinho através de manifestações de solidariedade que a família do querido professor Wanderley recebe neste momento tão difícil para entendermos o valor da escola pública e das pessoas, como ele, que a construíram diariamente.

Ser professor de escola pública é como ser um anjo que enfrenta os mais arriscados desafios por seus alunos e o professor Wanderley, assim como muitos mestres em São Carlos e no resto do Brasil, encaravam dias árduos de trabalho, tinham que lidar com grandes dificuldades, mas sempre tentavam deixar o seu melhor junto dos alunos.

A escola pública ainda é e tem que ser assim para sempre, o grande agente transformador da realidade de uma criança e os professores são a linha de frente que merece a devida valorização. Ver alunos reconhecendo a importância de um querido mestre como o professor Wanderley nos faz crer que este amado profissional deixou um legado irreparável de ensino e valores sólidos plantados em todos aqueles que lhe foram confiados à ensinar.

O professor nunca morre, o professor é eterno, vive para sempre na lembrança de qualquer aluno, pois podem se passar 30 anos, mas toda a vez que você se recordar de cada situação, se lembrará daquele querido professor que lhe deu, um dia, um exemplo de que isso poderia acontecer com você e tenho exemplos às pencas de que alunos lembrarão com todo o carinho do mundo do professor Wanderley.

A tristeza pela sua partida deve ser transformada em conforto aos seus queridos familiares, devemos nos irmanar e prestar respeito para este mestre e usar, todos os dias, as lições que ele deixou, pois serão através delas que construiremos um futuro melhor para nós, nossos filhos e nossos netos.

Descanse em paz, professor Wanderley! Deus está contigo!

 

Renato Chimirri

Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay