HU-UFSCar recebe novos profissionais para o enfrentamento da Covid-19

Novos profissionais participam de integração no HU (Foto: Marilia Corbini - HU-UFSCar)
Profissionais foram aprovados em seleção emergencial e iniciaram suas atividades ontem (16/4)

 

O Hospital Universitário Prof. Dr. Horácio Carlos Panepucci (HU) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) recebeu ontem, dia 16 de abril, novos profissionais contratados por meio de seleção emergencial para atuação temporária durante a pandemia do novo Coronavírus. O processo seletivo da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) pode convocar até 6 mil profissionais para atuarem em 28 hospitais da rede administrada pela Empresa.

Os seis novos contratados do HU-UFSCar são enfermeiros, técnicos em Enfermagem e médicos intensivistas e já iniciaram o trabalho ontem (16/4), passando pelo processo de integração no Hospital. Para a primeira semana de maio está prevista a convocação de mais profissionais, e outros poderão ser convocados posteriormente, conforme a necessidade da unidade.

“Essa ação da Ebserh vem reforçar a força de trabalho do HU-UFSCar no combate à Covid- 19. Isso é muito importante, já que a cada dia o Hospital amplia os serviços prestados frente à pandemia”, afirma Ângela Leal, Superintendente do HU-UFSCar.

Seleção e atuação da Rede Ebserh


Na seleção emergencial, a Rede Ebserh autorizou cerca de 6 mil vagas para médicos, enfermeiros, técnicos em Enfermagem, fisioterapeutas, engenheiros e arquitetos. Nessa primeira convocação estão sendo chamados 840 profissionais. Na modalidade de cadastro reserva, as convocações ocorrerão de acordo com a necessidade de cada hospital universitário federal vinculado à Empresa. O processo seletivo também não impactará os concursos públicos em andamento, que continuam seguindo seus trâmites normais.

A Rede Ebserh está trabalhando em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, com participação nos Centros de Operações de Emergência (COE) desses órgãos, e tendo como diretrizes o monitoramento da situação no País e em suas 40 unidades hospitalares. Também atua na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas.

Em algumas regiões, as unidades da Rede Ebserh servem como hospitais de referência ao enfrentamento da Covid-19, enquanto que em outras, atuam como retaguarda em atendimentos assistenciais para a população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).