Inscrição para o Bolsa Empreendedor na Região de São Carlos termina hoje

Inscrições abertas

Programa está com 2,3 milvagas; bolsista recebe R$ 1 mil de auxílio

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, encerra hoje as inscrições para o Bolsa Empreendedor, programa que oferece R$ 2,3 milhões para apoiar, impulsionar e incentivar pequenos negócios na Região Central. Os participantes recebem bolsa-auxílio de R$ 1 mil. As inscrições para as 2,3 mil vagas da terceira turma de 2022 devem ser realizadas pelo site www.bolsadopovo.sp.gov.br

A iniciativa, que prioriza mulheres, jovens, pretos e pardos, indígenas e pessoas com deficiência, é destinada a desempregados ou MEIs em situação de vulnerabilidade em todo o Estado, que irão receber uma bolsa-auxílio, qualificação e migrar para o mercado formal. 

A bolsa é paga em duas parcelas de R$ 500 e para ter acesso, os cidadãos devem participar de um curso gratuito de empreendedorismo do SEBRAE. Todos também devem obter formalização como MEI (Microempreendedor Individual) ou outra natureza jurídica.

As aulas irão iniciar em junho, serão seis turmas ao longo do ano, até o mês de outubro.

Como se inscrever?

Todos os moradores do estado de São Paulo, maiores de 18 anos, alfabetizados e que estão atualmente desempregados ou são MEI podem se inscrever no portal do Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br) ao longo dos próximos meses. Em caso de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato na Central de Atendimento:

0800 7979 800 (segunda a sexta, das 8h às 18h. O atendimento eletrônico é 24h)

(11) 98714-2645 – WhatsApp (atendimento eletrônico 24h)

Empreenda Rápido

Os cursos do Empreenda Rápido são oferecidos pelo Estado em parceria com o Sebrae-SP. As capacitações são em formato virtual, com carga horária de 10 horas.

Os alunos são apresentados a temas como empreendedorismo, ideia de negócios, marketing, finanças e formalização, entre outros.

Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce papel fundamental para atrair investimentos ao Estado, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho. Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance.   

No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria, como o Centro Paula Souza,  Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo (USP).