Itirapina vacina 46 pessoas de maneira errada com Coronavac, dentre elas gestante e crianças

No dia 14 deste mês a Prefeitura de Itirapina realizou controle de estoques e notou que faltavam 46 doses da Coronavac, vacina contra a COVID-19 do Instituto Butantan, desta forma foi verificado um erro de uma técnica de enfermagem ao separar as caixas da vacina, de acordo com a administração da cidade vizinha e isso resultou no envio de dose de Coronavac, no lugar das vacinas contra a Gripe para o local de vacinação.

Sendo assim, foram vacinados de maneira errada 46 pessoas, sendo 18 adultos (uma gestante incluída) e 28 crianças. A Prefeitura diz que entrou em contato com a Vigilância Epidemiológica de Piracicaba para receber orientações e procurou orientação de médicos especialistas. Em nota a administração disse que o fato não traria risco para os imunizados com a vacina para a COVID. A Prefeitura afirmou que informou pessoalmente as pessoas vacinadas e disponibilizou uma equipe médica para acompanhar esses pacientes por 14 dias.

As pessoas passaram por avaliação médica, inclusive a gestante por especialistas, e as crianças por pediatras. A Prefeitura alega que nenhuma intercorrência até o momento foi notada.

A Prefeitura de Itirapina disse que as responsabilidades sobre esta atitude que levou ao erro na vacinação estão sendo apuradas nas esferas competentes.