Leitos de UTI do HU ampliam capacidade de internação em São Carlos

Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, junto à equipe do HU-UFSCar (Foto: Reitoria UFSCar)
10 leitos de tratamento intensivo estão disponíveis a pacientes com COVID-19 e são referenciados pela rede pública de saúde

 

Os dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar) já estão em funcionamento e representam um grande reforço no sistema de saúde da região. Com os novos leitos, São Carlos passa a contar com 18 leitos de UTI para atendimento de pacientes com COVID-19, sendo 10 do HU-UFSCar e 8 da Santa Casa.

“Os leitos do HU mais que dobram a capacidade atual de UTI-SUS na cidade de São Carlos. São destinados a pacientes em situação crítica e que precisam de cuidados intensivos. Estão equipados com todos os equipamentos necessários para estabilizar e prolongar a vida dos pacientes”, conta Ângela Leal, Superintendente do HU-UFSCar.

O HU-UFSCar não tinha leitos de UTI. Dos 10 leitos inaugurados, dois têm isolamento privativo. “A UTI amplia o atendimento do Hospital para alta complexidade. Pacientes graves poderão ser tratados aqui. Além disso, os alunos agora também terão à disposição um cenário de prática mais rico e complexo”, relata a Superintendente do HU-UFSCar, Ângela Leal.

A nova UTI também conta com área para prescrição médica e sala de serviço, área para acolhimento de familiares (recepção), farmácia exclusiva para o setor, sanitários, vestiários, copa e salas administrativas para apoio logístico. “Trabalhamos ativamente junto ao MEC e à Ebserh para liberação dos recursos. A nova UTI fortalece nossa academia na área da saúde, formando profissionais qualificados e gerando conhecimento. Além disso, amplia a prestação de serviços via SUS, beneficiando a comunidade de São Carlos e região”, afirma a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

Desde o início da pandemia, o HU-UFSCar adotou uma série de medidas para conter a transmissão do novo Coronavírus e melhor organizar o fluxo de atendimentos. Além dos 10 novos leitos de UTI, outros 44 leitos já haviam sido disponibilizados para internação de pacientes COVID-19. Até o último sábado (16), já haviam passado pelo Hospital quase 650 pacientes, entre suspeitos e confirmados de COVID-19.

Novo Centro Cirúrgico – Até o final do mês, o Hospital Universitário (HU) entregará um centro cirúrgico e uma moderna Central de Material e Esterilização (CME). Iniciada em dezembro de 2018, toda a obra (UTI, centro cirúrgico e CME) foi contratada por R$ 9,3 milhões, sendo R$ 7,5 milhões de investimentos do Ministério da Educação (MEC) e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada à pasta, e o restante dos recursos investidos pelo próprio Hospital.