Levantamento mostra que 76% dos pacientes em UTI de hospital não completaram vacinação vacinação contra a COVID

O Governo do Estado de São Paulo publicou no dia de ontem, 18, em seu twitter que um levantamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo no Hospital Emílio Ribas, referência em infectologia no estado e na América-Latina, revelou que 76% dos pacientes internados em UTI por COVID-19 não estavam vacinados ou não completaram o esquema vacinal.

Segundo o Estado, a análise foi feita com 50 pacientes, confirmados e suspeitos, resultando na média de 8 em cada 10 internados na unidade. Foram considerados como pacientes com esquema vacinal incompleto aqueles que não tomaram a 2ª dose, seguindo o intervalo de cada imunizante.

O governo paulista adverte que os dados refletem, mais uma vez, a importância da vacinação para a proteção contra o coronavírus. As vacinas garantem a imunização e evitam casos graves e óbitos pela doença, por isso, é essencial garanti-la.