Lucão assume presidência da Câmara buscando independência e harmonia entre poderes no biênio 2019-2020

Na Sala da Presidência, Lucão assina o termo de posse para comandar o Legislativo no biênio 2019-2020

O novo presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Lucão Fernandes (MDB), foi empossado na manhã da última terça-feira (1), com a assinatura do termo oficial, no Edifício Euclides da Cunha. O ato marcou o início do mandato da nova mesa diretora do Legislativo para o biênio 2019-2020. Liderada por Lucão, a nova mesa é integrada pelos vereadores Sérgio Rocha (PTB), 1o vice-presidente; Robertinho Mori (PSDB), 2º. Vice-presidente; Luis Enrique – Kiki (DEM) , 1º. Secretário; e Azuaite França (PPS), 2º. Secretário.

A eleição da mesa diretora foi realizada no dia 11 de dezembro, quando os vereadores aprovaram a chapa única que se apresentou ao pleito, intitulada “Independência e Harmonia entre os Poderes”. Lucão – que exerceu a presidência no biênio 2015-2016 – destacou que o novo mandato buscará preservar a independência do Legislativo e estabelecer um clima de harmonia entre os poderes. Segundo ele, essas são premissas para um trabalho voltado à solucionar os problemas da cidade.O novo presidente da Câmara conclamou os vereadores a trabalharem juntos para atender aos anseios da população.

TRAJETÓRIA – Luis Carlos Fernandes da Cruz, Lucão, de 57 anos é filho de Paulo Fernandes da Cruz e Elídia Carlos da Silva. Casado com Suely Fernandes e tem duas filhas – Juliana e Fabiana – e dois netos – Helena e Samuel. De família procedente de Rincão e radicada em São Carlos em meados dos anos 1970, após o falecimento de seu pai, Lucão trabalhou na área rural e também na indústria  antes de ingressar na Prefeitura Municipal em 1981. Foi servidor público durante 30 anos, exercendo diversas funções como as de almoxarife, auxiliar de farmácia, coordenador do Pronto Socorro, chefe de divisão dos postos de saúde, administrativo da Coordenadoria de Meio Ambiente e gente da Defesa Civil e gestor na Farmácia Popular.  Disputou a primeira eleição para vereador em 1996. Com expressivas votações nas eleições seguintes, assumiu a vereança como suplente em 2012. No mesmo ano foi eleito para o primeiro mandato na legislatura 2013-2016. Nesse período, projetou-se como líder do governo, integrante da comissão permanente e presidente da Câmara. Em 2016 foi reeleito vereador, assumindo a presidência da comissão permanente de saúde e promoção social.