Luísa Sonza e Lellê lançam novo jingle de Natal da Coca-Cola; Caravanas passarão por avenidas largas

Luísa Sonza está no clipe

O Natal se aproxima e, com isso, as icônicas caravanas da Coca-Cola, temporada 2020, já iniciaram a contagem regressiva para ocupar as ruas e avenidas de diversas cidades brasileiras. Em um ano em que tudo precisou ser diferente, o tradicional jingle que anuncia a chegada das Caravanas, intitulado “O Natal vem vindo”, lançado pela marca em 1992, surge repaginado na voz das duas principais cantoras da atualidade: Luísa Sonza e Lellê. 

Para muitos brasileiros, a passagem das Caravanas representa uma das maiores experiências de Natal em suas cidades. Mesmo em um ano atípico, a marca mantém as tradições natalinas e reforça a importância da união e de conexões reais entre as pessoas. Por isso, a mensagem “Juntos como Nunca Neste Natal” permeia a nova versão da música, que também estará disponível nos canais da marca.

“2020 está sendo um ano em que tudo precisou ser repensado e, consequentemente, reinventado. Sabemos da importância das Caravanas de Natal e da magia de tocar a memória afetiva de milhões de brasileiros. Por isso, mesmo com todas as incertezas, não poderíamos deixar de realizá-las. O jingle, tão simbólico durante a passagem das Caravanas, faz parte dessa reinvenção, ganhou uma versão modernizada e com artistas de destaque na cena musical”, conta Marina Rocha, diretora de marketing de Coca-Cola no Brasil.

Luísa Sonza e Lellê são duas jovens cantoras que, nos últimos tempos, tornaram-se nomes de referência no pop e no funk. Com um sucesso atrás do outro, como “Friend De Semana” (da cantora mexicana Danna Paola, Luísa e a espanhola Aitana), “Toma”, “Braba” e “Combatchy”, as músicas da gaúcha já alcançaram o primeiro lugar nas plataformas musicais e acumulam milhões de views. Já a carioca Lellê, que ganhou notoriedade como integrante do grupo “Dream Team do Passinho”, é dona do single “Nega Braba”, atuou em obras globais como Mister Brau, Malhação e Segredos de Justiça e, sem dúvidas, é uma das apostas da música nacional. 

Além dos novos vocais, o jingle de Natal da Coca-Cola também ganhou novas estrofes compostas por Arthur Marques, responsável pela criação de diversas canções de sucesso, como Dona de Mim (Iza), Sua Cara (Anitta), Braba (Luísa Sonza) e Desce Pro Play (MC Zaac e Anitta). A agência Mynd, especializada em música, cultura digital e entretenimento, produziu o making of do jingle, dirigido pelo diretor Raul Aragão, que será divulgado nas redes sociais e está disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=vVsGVZ58ywk&feature=youtu.be . A agência também foi a responsável pelo gerenciamento artístico do projeto.

“Gravar a música de Natal foi muito marcante para mim, ainda mais num ano muito difícil para tantos. Acredito que a música de Natal é acolhedora e é isso que todos nós estamos precisando.”, comenta Lelle. “Muito especial poder fazer parte deste job tão lindo ao lado de uma marca que fez parte de toda minha infância e faz parte da minha vida, principalmente para uma data incrível como Natal. Tenho lembranças maravilhosas com a minha família. Além de, claro, fazer isso ao lado de uma artista tão talentosa e que admiro tanto como a Lellê. Tá lindo demais”, completa Luísa Sonza.

Caravanas Digitais:

O Natal é uma das datas mais importantes para a Coca-Cola e, para continuar mantendo a magia e alegria da data, este ano, a marca e seus fabricantes decidiram adaptar algumas ações para que as tradicionais Caravanas possam continuar unindo as pessoas de forma segura.

A fim de evitar aglomerações, foram criadas ações digitais para que o público possa celebrar a passagem das Caravanas sem sair de casa. Agora, quem usar o filtro digital disponível no Instagram da Coca-Cola com a hashtag “#JuntosComoNunca”, poderá ter seus vídeos e fotos reproduzidos nos telões dos caminhões físicos.

Além disso, o trajeto das Caravanas não será divulgado previamente, para incentivar as pessoas a acompanharem o espetáculo de suas casas. O trajeto irá priorizar avenidas largas e de grande circulação de veículos. As atividades que aconteciam nos caminhões ao longo do percurso foram canceladas.

Fotos: Rodrigo Peixoto