Madrugada de Terror: PM troca tiros com bandidos que queriam explodir agência bancária

PM em ação na cidade de Ribeirão Bonito

Criminosos estavam prontos para invadir a agência do Bradesco quando foram surpreendidos por policiais militares

Lucas Castro, do RB na Rede

Policiais Militares do 38º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I) conseguiram evitar a explosão de caixas eletrônicos da única agência do Bradesco, localizada na rua São Paulo, no Centro de Ribeirão Bonito, na madrugada deste domingo (10).

Em uma ação  eficiente, os policiais conseguiram chegar a tempo de evitar  que os criminosos conseguissem executar o plano: assaltar a agência bancária.

Ao perceberem uma movimentação de veículos estranhos na cidade, os policiais militares de Ribeirão Bonito , soldados Henrique e Calabrez, entraram em contato com a 1ª Companhia BPM/I, em São Carlos, solicitando apoio, já prevendo que algo ruim de pudesse acontecer.

Com cautela, os policiais militares cercaram o Centro de Ribeirão Bonito e conseguiram surpreender uma quadrilha especializada em explosão a caixas de eletrônicos que estava pronta para atacar.

Ainda no Centro de Ribeirão Bonito, houve troca de tiros e perseguição, porém os criminosos, que fugiram no sentido ao distrito de Guarapiranga e de São Carlos, em duas estradas diferentes não foram capturados.

Momentos depois, chegou a informação que um homem deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Prado, em São Carlos, com ferimento de bala de fogo, sendo transferido para Santa Casa da mesma cidade, e que poderia estar envolvido na troca de tiros em Ribeirão Bonito, sendo assim ficando internado em observação com escolta policial. Isso será apurado pela polícia.

A situação chamou a atenção dos moradores nas proximidades da agência do Bradesco, que ficaram assustados com o embate entre a Polícia Militar e os assaltantes. Uma marca de tiro ficou estampada na parede de um estabelecimento comercial, no Centro.

Muitas pessoas estavam na Praças localizadas no Centro da cidade e não sabiam o que estava acontecendo.

Até o fechamento desta matéria, a Polícia Militar ainda estava no caça aos criminosos.