Mais de 50 sugestões de filmes dirigidos por mulheres nas plataformas de streaming

Cena do filme de 2018

Glenda Nicácio, Laís Bodanzky, Lúcia Murat, Petra Costa, Sabrina Fidalgo, Suzana Garcia, Agnès Varda, Céline Sciamma, Dee Rees, Juliana Rojas, Olivia Wilde e outras mulheres do audiovisual completam a lista de 57 sugestões de obras dirigidas sob o olhar feminino e disponíveis nas plataformas de streaming. A seleção foi feita por estudantes do Núcleo Cinestesia da ESPM e pela professora de cinema e audiovisual, Hadija Chalupe, em homenagem ao mês da mulher. 

Apesar de representarem 51% da população brasileira, as mulheres têm pouca representatividade no audiovisual brasileiro. Segundo pesquisa realizada pela Agência Nacional de Cinema – ANCINE, de 2016, a participação das mulheres nas funções de direção e direção de fotografia é pequena e a de mulheres negras é ainda menor.

Confira as dicas:

Disney Plus

Rainha de Katwe – Mira Nair – EUA – 2016

Globoplay

Amor, Plástico E Barulho – Renata Pinheiro – Brasil 2013

A Última Abolição – Alice Gomes – Brasil – 2018

Minha Vida Em Marte – Suzana Garcia – Brasil 2018

Ó Pai Ó – Carolina Jabor, Mauro Lima, Olívia Guimarães e Monique Gardenberg – Brasil 2007

O Sonho De Wadja – Haifaa Al-Mansour – Alemanha e Arábia Saudita – 2012

Paraíso Perdido – Monique Gardenberg – Brasil – 2018

Para Sama – Waad al-Kateab e Edward Watts – Síria, EUA e Reino Unido – 2019

Looke

Mar De Rosas – Ana Carolina – Brasil – 1977

MUBI

Farewell Amor – Ekwa Msangi – Angola e EUA – 2020

Meu Corpo É Político – Alice Riff – Brasil – 2017

Pendular – Julia Murat – Brasil – 2017

Netflix

Atlantique – Mati Diop – Senegal, França e Bélgica – 2019

A Cidade Onde Envelheço – Marília Rocha – Brasil e Portugal – 2017

A Febre – Maya Da-Rin – Brasil – 2019

Animal Cordial – Gabriela Amaral Almeida – Brasil – 2017

A Voz Do Silêncio – Naoko Yamada – Japão – 2016

Crip Camp: Revolução Pela Inclusão – Nicole Newnham e James Lebrechet – EUA – 2020

Elena – Petra Costa – Brasil – 2012

Democracia Em Vertigem – Petra Costa – Brasil – 2019

Dick Johnson Is Dead – Kristen Johnson – EUA – 2020

Mãe Só Há Uma – Anna Muylaert – Brasil – 2016

Shirkers – Sandi Tan – Singapura e Reino Unido – 2019

Sinfonia Da Necrópole – Juliana Rojas – Brasil – 2014

The Forty Year Old Version – Radha Blank – EUA – 2020

The Last Thing He Wanted – Dee Rees – EUA – 2020

XXY – Lucia Puenzo – Argentina – 2007

Prime Video

Adam – Maryam Touzani – Marrocos – 2019

Café Com Canela – Glenda Nicácio e Ary Rosa – Brasil – 2017

One Child Nation – Nanfu Wang e Jialing Zhang – China – 2019

Parque Da Meditação – Mina Shun – Canadá – 2018

Pelo Malo – Mariana Rondón – Venezuela, Peru, Argentina e Alemanha – 2013

Sabor Da Vida – Naomi Kawase – Alemanha, França e Japão – 2016

Telecine Play

A Despedida – Lulu Wang – China – 2019

Como Nossos Pais – Laís Bodanzky – Brasil – 2017

Cléo De Cinq À Sept  – Agnès Varda – França – 1962

Filhas Do Sol – Eva Husson – Bélgica, França, Geórgia e Suíça – 2018

Fora De Série – Olivia Wilde – EUA – 2019

Mate-me Por Favor – Anita Rocha – Brasil – 2016

Mormaço – Marina Meliande – Brasil – 2018

O Mal Exemplo De Cameron – Desiree Akhavan – EUA – 2018

Papicha – Mounia Meddour – Argélia, Bélgica, França e Qatar – 2019

Praça Paris – Lúcia Murat – Brasil – 2017

Que Horas Ela Volta – Anna Muylaert – Brasil – 2015

Rafiki – Wanuri Kahiu – Quênia – 2018

Retrato De Uma Jovem Em Chamas – Céline Sciamma – França

Você Nunca Esteve Realmente Aqui – Lynne Ramsay – Reino Unido – 2017

Youtube/Google Play

Cafarnaum – Nadine Labaki – Líbano – 2018

Cores E Botas – Juliana Vicente – Brasil – 2011

Giz – Ana Flávia Cavalcanti- Brasil – 2019

Honeyland – Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov – Macedônia – 2019

I Am Not A Witch – Rungano Nyoni – Reino Unido, França e Alemanha – 2017

Kbela – Yasmin Thayná – Brasil – 2015

Mustang – Deniz Gamze Ergûven – Turquia, Alemanha e França – 2015

O Dia De Jerusa – Viviane Ferreira – Brasil – 2014

Rainha – Sabrina Fidalgo – Brasil – 2016

Systemsprenger – Nora Fingscheidt – Alemanha – 2019

Sobre a ESPM

A ESPM é uma escola de negócios inovadora, referência brasileira no ensino superior nas áreas de Comunicação, Marketing, Consumo, Administração e Economia Criativa. Seus 12 600 alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação e mais de 1 100 funcionários estão distribuídos em oito campi – quatro em São Paulo, dois no Rio de Janeiro, um em Porto Alegre e um em Florianópolis. O lifelong learning, aprendizagem ao longo da vida profissional, o ensino de excelência e o foco no mercado são as bases da ESPM.