Manifestantes pedem reabertura dos salões de beleza em São Carlos

Os profissionais do setor de estética (barbeiros, cabeleireiros e manicures) estiveram na manhã desta segunda, 13, em frente do Paço Municipal para realizar uma manifestação com o objetivo pedir a reabertura de seus estabelecimentos. Eles estão parados desde março em função da pandemia de COVID-19, mas cobram apoio das autoridades para retomar suas atividades, já que alegam cumprir todos os protocolos de segurança para realizar seus respectivos ofícios, além do que é através deste trabalho, que esses profissionais sustentam suas famílias e demais dependentes.

Com faixas, de 40 a 50 pessoas pararam na portaria do Paço Municipal e mantiveram um diálogo com representantes do Executivo. Os manifestantes foram recebidos pelo presidente do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus, Mateus de Aquino e pelo secretário de Segurança Pública, Samir Gardini e foram orientados sobre o decreto municipal emitido pelo prefeito Airton Garcia e que está em vigor, também sobre a decisão judicial que determinou que a cidade trabalhasse em consonância com o Plano SP que classifica São Carlos na Fase Laranja que não permite a abertura de salões de cabeleireiro.

Segundo consta, a classe pode até ingressar no judiciário para tentar retomar suas atividades que no momento estão interrompidas por decreto estadual.