Marginal da Chaminé “esfarela”: vão esperar alguém se acidentar para tapar os buracos?

Vergonha das vergonhas!

O desmazelo com São Carlos anda grande. É nítido que o mato tem crescido em áreas públicas e que a limpeza não é a mesma. No passado, tínhamos um programa chamado Renova São Carlos, mas parece que agora mudou para “Buraco São Carlos”.

Um dos maiores exemplos disso é a Marginal da Chaminé: a via está intransitável, cheia de buracos que começam na esquina do Fórum Cível com a rua Sorbone, depois vão subindo até perto do semáforo com o cruzamento da Manoel de Mattos, isso na pista para quem vai ao bairro e vem do Centro.

Para piorar, os buracos também estão do lado de quem vem do bairro e vai para o Centro. São crateras e mais crateras, mato em calçada, lixo e um cenário desolador que dá a impressão de que a Prefeitura abandonou a cidade, uma verdadeira vergonha!

O mais interessante em tudo isso é que num passado não tão distante, a Prefeitura divulgava onde as equipes de tapa-buraco estavam trabalhando, mas pelo jeito hoje nem isso se tem mais na atual administração. A cidade está abandonado à sua própria sorte.

A pergunta que fica é: por onde anda o Secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo? Ele precisa dar uma satisfação para a sociedade dos motivos pelos quais esses buracos estão surgindo nas vias públicas.

O legado de ter recapeado parte da cidade e que ajudou na eleição de Airton Garcia para um segundo mandato está indo para o ralo, pois com esses buracos em profusão as ruas de São Carlos novamente estão mal cuidadas.

Será que querem competir com aquele prefeito que falava que era maestro?