Marquinho Amaral fala em CPI e faz críticas duríssimas contra Marcos Palermo

Marquinho Amaral fala em CPI da Saúde

O vereador do PSDB, Marquinho Amaral, está irado com o secretário de Saúde, Marcos Palermo. Nas redes sociais, o parlamentar “moeu” o secretário no dia de ontem, 11. Tanto que por volta das 22 horas desta quinta publicou em suas redes sociais o esboço de um requerimento que pretende apresentar na Câmara Municipal para criar a CPI da Saúde.

“Acabo de elaborar o requerimento, (a base está aí, pode ser que tenha correções ortográficas, mas o objeto não muda) solicitando a CPI da Saúde. ‘Bora’ apurar e mostrar tudo. Aviso aos ameaçadores: se tiver algo contra mim falem e mostrem. Bora, saúde é coisa séria e deve ser tratada com responsabilidade! Ótima noite!”, disse.

No documento exposto nas redes, Marquinho afirmou que a saúde tem apresentado sérias dificuldades e alegou que falta atendimento humano digno na área. Ele também expôs que “o secretário denuncia sem provas (só nos bastidores), interferências de vereadores na área de Saúde”. Marquinho também vaticinou que a campanha de vacinação contra a COVID na cidade é “confusa e sem norte”, o que ele qualificou como uma verdadeira “caixa preta” e que por isso se faz necessária uma CPI para investigar os casos.

Em seu esboço de requerimento, Marquinho diz querer apurar todas as cirurgias eletivas realizadas pela pasta de Palermo, a destinação das emendas parlamentares dos vereadores para a Saúde e também para a Santa Casa, bem como os recursos recebidos dos governos estadual e federal para o combate ao Coronavírus, assim apurar o pagamento de próteses, bombas de oxigênio, aparelhos de surdez e a lista das pessoas que receberam vacinas contra a COVID-19 em São Carlos.

Abaixo o Requerimento de Marquinho: