Marquinho vira o canhão para a secretaria de Wanda Hoffmann

Marquinho criticou secretaria de Wanda Hoffmann/Foto: Facebook do vereador

Na sessão de ontem, 22, da Câmara Municipal o vereador Marquinho Amaral criticou duramente pessoas que trabalham na Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal, secretaria essa chefiada pela ex-reitora da UFSCar, Wanda Hoffamann, considerada por muitos como prefeiturável para as próximas eleições.

Ontem Marquinho falou que quer apurações sobre licitações na secretaria chefiada por Wanda e também atirou na Secretaria de Planejamento e Gestão, dirigida pelo ex-prefeito de Descalvado, Luís Panone, causando turbulência no Governo Municipal. Marquinho está no PSDB, mas tem apoiado o que julga ser bom para a cidade e que venha da atual gestão, ao mesmo tempo, preside a CPI da Saúde que poderá desembocar em problemas para a administração no futuro se alguma irregularidade, eventualmente, aparecer.

Entretanto, o vereador na manhã desta quarta, 23, voltou à carga afirmando que quer saber como ocorreu a vacinação contra a COVID na Secretaria de Educação. Disse que protocolará um requerimento pedindo informações, ele agora quer saber quem foi vacinado contra a COVID-19 nesta repartição municipal. A vacinação é sempre assunto polêmico e espinhoso e que pode gerar desgaste para a Prefeitura.

Em postagem nas redes sociais, o vereador informou que bibliotecárias, muitas da rede, segundo ele, não foram imunizadas, assim como terceirizados que atuam nas escolas municipais. Na enigmática postagem, Marquinho fala de forasteiros, salários, e diz que prefere “crer” que as denúncias são fofoca e que Wanda Hoffmann não permitiria que essas coisas acontecessem.

O fato é que agora além de criticar duramente Marcos Palermo, Marquinho Amaral, abre outro lado de batalha que perpassa a Secretaria de Saúde e chega na Educação. Resta saber como a Prefeitura lidará com isso. Vamos ter uma nova CPI na Câmara?

Renato Chimirri