MasterChef: Vereador faz sucesso em São Carlos vendendo molho de pimenta caseiro

Família produzindo o molho

Por Renato Chimirri

O vereador João Muller (MDB) e sua esposa Adriana Muller resolveram apimentar a vida do são-carlense. Além de ser um dos políticos com capacidade técnica comprovada em São Carlos e ter ocupado diversos cargos na administração municipal, Muller, ao lado de sua companheira de vida, Adriana, agora tem um negócio que está fazendo sucesso na cidade, o casal vende molho de pimenta caseiro. O sucesso da iguaria tem sido grande, tanto que o vereador realiza pessoalmente as entregas e as encomendas não param de crescer.

Isso é tão verdade que o São Carlos em Rede foi atrás de Muller para saber como começou essa “empreitada” pelo mundo dos sabores picantes. Confira a entrevista:

 

São Carlos em Rede- Por que vocês decidiram produzir molho de pimenta?

João Muller: Nossa origem laboral é de filho de comerciantes e produtor rural. Meus irmãos, pais são comerciantes e aos 80 anos o meu pai também produz molho de pimenta com matéria prima lá de Santa Eudóxia. O pai da Adriana, minha esposa, também com 80 anos ainda cultiva e produz muitos alimentos. E assim decidimos tentar produzir um molho de pimenta dedo de moça, com base numa receita de uma amiga que trabalhou conosco na Comendador, a Celinha Oliveira.

São Carlos em Rede- Vocês resolveram produzir em escala e comercializar?

João Muller: Olha, a nossa produção é artesanal, em casa. É uma receita trabalhosa porque fatiamos a pimenta dedo de moça numa espessura padrão que toma muito tempo. Cada quilo de pimenta demora uma hora para ser fatiada. Conseguimos produzir no máximo 3 kg por dia que resulta em 12 potes de 500ml. A comercialização começou com uma brincadeira com alguns amigos, eles experimentaram e adoraram o sabor do molho e pediram mais.

 

São Carlos em Rede – A intenção é de gerar renda com esse negócio inusitado e saboroso?

João Muller- Bom, eu e minha esposa e alguns parceiros montamos, em junho de 2017 a Cafeteria e Conveniência Comendador, e conseguimos ficar no mercado apenas 06 meses. Tivemos problemas com os parceiros e não tínhamos capital para suportar o período de fixação do comércio, quem esteve por lá conheceu a qualidade dos nossos produtos e o lugar maravilhoso que criamos. Não desistimos do comércio. Nossa intenção é assim que acabar o meu mandato de vereador instituir um novo comércio, desta feita como proprietário majoritário e estudarmos nossas filhas. Mas confesso que a venda do molho tem ajudado no custeio da família.

 

São Carlos em Rede- Vocês possuem uma média de venda por semana?

João Muller- São três semanas comercializando e começamos com doze e na terceira semana vendemos mais de 40 potes de 500 ml. Tivemos uma encomenda de um pote de 2000 ml. Vendemos a R$ 15,00 o pote de 500 ml. A aceitação é muito grande, quem compra acaba indicando para algum amigo ou familiar. Como não tenho local fixo as vezes entrego em vários pontos da cidade.

 

São Carlos em Rede- A produção de vocês é só pimenta dedo de moça ou existe variedade?

João Muller- Ainda é. Tenho algumas encomendas de pimenta Cumari e pego do supermercado do meu irmão, pois ela é produzida pelo meu pai. A intenção é ter variedade no negócio.

 

São Carlos em Rede- E a receita, pode passar para os leitores?

João Muller- Ai está o segredo do sabor. Não posso passar a receita até porque buscamos um sabor muito próxima da nossa parceira Celinha Oliveira, mas de forma artesanal a pimenta passa por um choque de temperatura, junto com azeite, alho e cebola junto com os demais produtos. Seria importante você provar e tentar adivinhar o que leva os consumidores a usar os molhos com carne, arroz e feijão e até em macarronadas!!

 

São Carlos em Rede-  E para adquirir, como o cliente pode fazer?

João Muller- Estamos divulgando pelo meu facebook que é João Muller. Mas tem os telefones 99722-1220 e 99607-8090. Minha casa fica na Rua Jesuíno de Arruda, 1243. Mas é bom dar uma ligada antes ou entrar em contato pelo face pra saber se temos no momento. Da forma que estamos fazendo e comercializando está sempre fresquinha, as vezes produzida no dia. Acho que em breve vamos colocar à disposição num espaço comercial. Depende muito da aceitação e ela tem sido muito boa!