Médico e diretor da UNIMED pede que são-carlenses mantenham o isolamento social

Daniel Canedo é médico e diretor da UNIMED de São Carlos

O presidente da UNIMED de São Carlos, o médico Daniel Canedo, depois de participar de uma reunião com autoridades do executivo, legislativo, empresários, policiais e outros setores representativos da sociedade local reforçou o pedido por isolamento domiciliar na cidade. “Enfatizei na reunião que é importante mantermos, por enquanto, esse período de isolamento social”, disse.

Daniel destacou que o mundo enfrenta uma pandemia com um vírus que tem uma transmissão que é rápida e com um grau de letalidade grande. “Principalmente o setor público não está preparado para suportar uma avalanche de casos que possam acontecer de uma hora para outra, por isso precisamos de um tempo para podermos organizar de uma maneira inteligente leitos e uma estrutura adequada para que possamos atender a população de uma forma melhor”, explica.

O médico salienta que o são-carlense não pode se dar ao luxo de “não fazer nada, e sair às ruas de novo”, pois isso pode determinar um aumento expressivo de casos que não seriam suportados pela estrutura de São Carlos.  “Sabemos do reflexo econômico que isso terá a curto prazo, porém precisamos encampar várias medidas em conjunto, necessitamos encontrar um ponto de equilíbrio, contudo reitero que esse momento inicial é o da saúde e peço que as pessoas fiquem isoladas, esperamos que logo possamos retomar nossa vida, mas ainda clamo que mantenhamos durante um tempo o isolamento social, fiquem em casa!”, finalizou.