Ministério da Saúde pede ao Butantan entrega imediata de seis milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac

Doria exibe a vacina Coronavac

Assinado pelo Diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, um ofício solicitou a entrega de seis milhões de doses da vacina Coronavac contra a COVID-19 produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O ofício é datado do dia de hoje, 15 de janeiro. Tudo isso ocorre diante de informações da impossibilidade da Índia fornecer doses da vacina de Oxford feita pelo laboratório Astrazenica.

O ofício do Ministério da Saúde diz ainda: “Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19, tão logo seja concedido a autorização pela agência reguladora, cuja decisão está prevista para domingo, dia 17 de janeiro de 2021”.