Moradores alertam para bandidos rondando a região do Fórum, Vila Monteiro e Ricetti

Bosque não tem iluminação

Recentemente bandidos assaltaram uma família na região do Fórum Cível em São Carlos. Os marginais passaram de carro em frente da casa, notaram que a família estava colocando coisas na carroceria de uma caminhonete, portanto com os portões da residência abertos, porque iriam sair e viram ali uma oportunidade. Os marginais contornaram o quarteirão, desceram e foram até a casa.

Renderam a família, roubaram o utilitário e com ele levaram celulares e outras coisas que estavam no carro. Ninguém da família, ainda bem, se feriu. A polícia foi avisada e depois encontrou o automóvel que havia sido roubado, contudo os demais pertences não foram localizados.

O alerta que a família quer passar é que esses bandidos estão por aí assaltando e especialmente usando a entrada e a saída das pessoas para as abordagens. Eles espreitam, ficam olhando os hábitos das famílias, o momento de saída, de chegada, quanto tempo o portão eletrônico demora para subir e descer porque assim podem calcular o momento exato para as suas abordagens. Sair de casa em qualquer bairro de São Carlos carece de cuidados, o alerta dessa família diz respeito a região do Fórum (Centreville), Ricetti, Vila Monteiro, Nova São Carlos e até o Jardim Cardinalli.

Alguns moradores ouvidos pela reportagem em off contaram ao São Carlos em Rede que é comum ver gente parando carros na região da José Luiz Olaio esquina com a Marginal ou a rua Oscar Barros no período noturno, pois ali há um bosque sem iluminação e a área é erma. Sem contar que o próprio bosque é palco constante durante à noite do consumo de drogas. A população já pediu à Prefeitura a iluminação da área, mas até o momento nada foi feito. Vereadores só lembram dessa região para pedir votos em época de eleição.

Há dois anos um senhor que morava nas imediações e que ficava sempre na calçada vendo o movimento foi assaltado, apanhou dos bandidos e por isso a família mudou de lugar, uma outra casa também foi invadida em 2020, o proprietário agredido e os ladrões promoveram um assalto, sem contar assaltos que ocorreram em casas na rua Paulo Mont Serrat, a principal do Ricetti. Apesar dos esforços da Polícia e da Guarda Municipal os moradores precisam sempre ficar atentos, pois os criminosos estão à solta por estes locais.