Morre Padre Apparecido Zanon

Por Sidney Prado – Assessoria de Imprensa da Diocese de São Carlos

Faleceu nesta manhã de quinta-feira, Solenidade de Corpus Christi, aos 85 anos, Padre Apparecido Antonio Zanon.

Padre Zanon estava internado no Hospital Beneficência Portuguesa em São José do Rio Preto/SP, desde o último dia 14 de maio.

O religioso tinha 36 anos de ministério presbiteral, sempre prestativo com as causas da vida e da dignidade humana. Sendo quase 20 anos de dedicação na cidade de Ibitinga-SP, serviço que rendeu respeito e admiração dos que o conheceram.

Conheça a trajetória do Padre Zanon

Padre Apparecido Antonio Zanon nasceu em 01 de outubro de 1935, em Urupês – SP, filho do Sr. João Zanon e da Sra. Yolanda Moro Zanon, ambos já falecidos. É o primeiro de sete irmãos.
Estudou na escola Chafik Saab e no Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto em 1980. Padre Zanon cursou filosofia em Mogi das Cruzes(SP) em 1981 e Teologia no Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus em Taubaté (SP) de 1982 a 1985.
Padre Zanon recebeu o ministério de leitor no ano de 1982, em 1983 foi instituído acolito e sua ordenação diaconal aconteceu em 1984 pelas mãos de Dom Antônio Miranda.
Em 1985 foi ordenado padre por Dom Constatino Amastalden, na cidade de Urupês(SP).

Como presbítero exerceu as seguintes funções: vigário paroquial em Itápolis no ano de 1986, pároco das paróquias dos distritos de Àgua Vermelha e Santa Eudóxia em 1987, pároco da Paróquia São José em Itajobi(SP) em 1988, pároco de Santa Tereza em Ibitinga(SP) em 1989, cooperador da paróquia em Itajobi e como Administrador Paroquial em Tabatinga em 1993, administrador paroquial e pároco da Paróquia Imaculada Conceição de Ibitinga(SP) em 1998. Vigário Paroquial da Paróquia Imaculada Conceição de Ibitinga em 2012.

O religioso deixa sua marca na comunidade Ibitinguense pela sua serenidade e humildade, ações por ele promovidas marcaram a vida de nossa Igreja Particular.