Multidão de Estudantes toma a avenida São Carlos em protesto contra o Governo Federal

Avenida São Carlos lotada

Uma multidão toma conta das ruas do Centro de São Carlos na manhã desta quarta, 15. Ela é composta por estudantes universitários e também das escolas do Estado, por professores, sindicalistas e profissionais das áreas de educação que dedicam este dia na cidade e no resto do Brasil para protestar contra a política de corte de recursos promovidas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no orçamento da área. Muitas universidades alegam que podem fechar as portas se os cortes forem mantidos.

A concentração dos estudantes começou no CAASO (USP) e depois eles se deslocaram em marcha com cantos e palavras de ordem contra o Governo Federal pela rua Episcopal, passaram em frente da Prefeitura e depois foram para a Praça Coronel Salles onde uma outra multidão os aguardava.

Neste local, dirigentes da Sintufscar, da Adufscar e de outros sindicatos estão organizados e atos pacíficos estão ocorrendo contra o corte de verbas. Os estudantes também tomaram conta da avenida São Carlos numa das maiores manifestações da história da cidade.

Segundo a reportagem apurou, os estudantes querem mostrar para a sociedade são-carlense o trabalho de ponta que é desenvolvido no centro de pesquisa e também na USP e na UFSCar e que hoje tem reflexo direto na economia e também na prestação de serviços para a cidade. Ao longo do dia estão programadas outras manifestações que marca o chamado Levante dos Livros.

 

 

Fotos: Glorinha Saratt, Ricardo Formici e Moacir Jr