Neblina em rodovias da região se transforma em preocupação para motoristas

Neblina passa a ser preocupação

A Eixo SP Concessionária de Rodovias vem alertando os usuários nos últimos dias através dos PMVs – Painéis de Mensagens Variáveis instalados nas rodovias que administra, sobre a incidência de neblina em diferentes trechos da concessão.

Com as quedas de temperatura no outono e inverno, especialmente à noite e início da manhã, a concentração de umidade aumenta a probabilidade de ocorrência de neblina.

“Para evitar acidentes em caso de neblina na pista é preciso reduzir a velocidade, aumentar a distância do veículo que segue à frente mantendo distanciamento para garantir a realização de qualquer manobra com cautela. Se possível utillize o farol de neblina ou o farol baixo. Quando o nevoeiro for muito intenso, recomendamos parar em uma de nossas bases do SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário ou da PMRv – Polícia Militar Rodoviária”, afirma Rogério Rodrigues, superintendente de Operações da Eixo SP.

É importante ainda não acionar o farol alto nesta situação e redobrar a atenção à sinalização horizontal para manter o veículo na faixa de rolamento. E sinalizar com o pisca-alerta somente quando o veículo estiver parado no acostamento, faixa que deve ser utilizada somente em caso de necessidade. Nunca pare na pista de rolamento ou estacione o veículo em locais de risco. Procure parar em local seguro e se for necessário estacionar no canteiro lateral, procure pontos protegidos por defensas ou barreiras de concreto.

A equipe de segurança viária da concessionária mapeou os pontos onde há ocorrência de neblina no trecho de concessão

Confira:

SP 310 – Washington Luís: km 153 a 172; km 174 até 183; km 187 até 202; km 204 até 227. 

SP 225 – Engenheiro Paulo Nilo Romano – km 91 ao 117,; km 125 ao 132; km 153 até 173; km 180 ao 187; km 191 a 232.

Sobre a Eixo SP

A Eixo SP Concessionária de Rodovias administra o lote Pipa (Piracicaba-Panorama), malha com mais de 1.221 quilômetros de estradas que passam por 62 municípios da região de Rio Claro, no centro do Estado, até Panorama, no extremo oeste, na divisa com o Mato Grosso do Sul. O maior contrato sob supervisão da Artesp – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, terá investimentos na ordem de R$ 14 bilhões em obras de ampliação, conservação, além da modernização de serviços ao usuário. Mais informações acesse: www.eixosp.com.br