Nossa história: Quando Pelé passou por São Carlos

Pelé acompanhado de companheiros do Santos em uma de suas passagens pela cidade

Por Cirilo Braga

Nos 80 anos de Pelé, que são comemorados hoje, 23, o registro de uma de suas passagens por São Carlos. Nesta, o Rei e craques do Santos FC foram recebidos pelo interventor federal Antonio Teixeira Vianna e pelos vereadores Rodolpho Partel e Romualdo Pozzi. A garotinha na foto é Silvia, filha do médico Salvador Prantera Júnior, torcedor santista desde 1947 e presente à recepção aos ídolos. Os são-carlenses viram Pelé em campo ainda antes de se tornar o maior jogador de todos os tempos: foi em 1957, no estádio do Paulista, onde o Santos FC se apresentou na comemoração do centenário de São Carlos, sendo batido pelo Clube Atlético Bandeirantes por 3 a 0.

Com direito a gol olímpico feito pelo ponta esquerda Rui Denucci, que surpreendeu o goleiro Manga.Anos mais tarde, já consagrado mundialmente, o Rei Pelé apenas pernoitava em São Carlos na concentração para difíceis partidas do campeonato paulista contra a Ferroviária, em Araraquara. A delegação do “peixe” se instalava no Hotel Estância Suíça. Numa dessas ocasiões, segundo noticiou o colunista Aduar Dibo, Pelé comprou um bilhete de loteria de um cambista são-carlense e ganhou “uma bolada”. Após a inauguração do Caiçara Hotel, do santista Roberto Kabbach, esta passou a ser a “casa” do clube praiano em São Carlos.Nas fotos, o Rei do Futebol com as autoridades de São Carlos, o antigo Hotel Estância Suíça e Pelé em campo contra a Ferroviária, sob forte marcação.