Nova cepa de COVID acomete rapidamente os pulmões

Fotomontagem: Cleber Siquette/Jornal da USP

Um profissional de saúde que conversou com o São Carlos em Rede, mas pediu off em seu nome, disse que a nova cepa de COVID-19 que foi identificada em Araraquara e também em Araras e é oriunda do Amazonas é altamente transmissível e acomete rapidamente os pulmões do pacientes.

O profissional disse que a nova cepa que está rodando em Araraquara (com confirmação da USP) e provavelmente em outras cidades da região é de fácil contaminação. “Ela é de fácil contaminação, rápida evolução e acomete mais pessoas”, conta.

Ele explicou que trabalhadores que atuam nos setores de exames de imagem dizem que nos meses de maio, junho e julho do ano passado as pessoas procuravam estes locais para fazer exames de COVID e tinham manchas nos pulmões. “Algumas pessoas tinham o pulmão todo acometido, porém o que se relata agora é que o pulmão das pessoas está muito comprometido, as vezes totalmente em sua maioria”, disse.

Segundo ele, a doença tem atacado pacientes de várias idades: dos 30, 40 e 50 anos, inclusive quem faz atividade física, o que aumenta consideravelmente o número de óbitos.

Por isso, ele pediu às pessoas que saiam somente para o básico, protegidas por máscara, lavem sempre as mãos e evitem aglomerações com gente que não for do seu núcleo familiar, pois o momento exige o máximo de atenção, afinal a ocupação de UTIs na região está em torno de 86%, o que confere a Fase Vermelha do Plano SP de combate ao Coronavírus.