Novo espetáculo da Cia TPK quer ajudar bichinhos domésticos a serem melhor cuidados e amados por todos

A temporada da peça teatral “Cara de um, focinho do dono!” vai percorrer algumas cidades do Estado de São Paulo: Porto Ferreira, São Carlos e Descalvado, durante o mês de outubro e novembro de 2018. A turnê será possível por causa do patrocínio oficial da ROYAL CANIN, através de incentivo fiscal, proporcionado pelo PROAC – Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

 

A peça será apresentada em Porto Ferreira, nos dias 29, 30, 31 e 01 de outubro (2 sessões por dia), em São Carlos nos dias 05, 06, 07, 08 e 09 de novembro (2 sessões), e ainda no mesmo mês, nos dias 19, 20, 21, 22, 23, 26, 27, 28, 29 e 30 na cidade de Descalvado. As apresentações acontecerão sempre às 10h00 e às 14h00, em locais da rede pública de ensino, através de parcerias com as Secretarias de Cultura e Educação de cada município beneficiado, sem cobrança de ingresso do público de 4 a 11 anos de idade.

 

O espetáculo “Cara de um, focinho do dono!” é uma produção da Cia TPK Produções Artísticas Ltda, de São Carlos-SP, com texto originalmente criado pela atriz Jana Galdi. A peça pretende apresentar ao público infanto-juvenil as maneiras corretas de convivência com os bichos domésticos, de forma que elas a partir do espetáculo possam em suas casas serem as defensoras desses animais que não sabem pedir cuidados, e muito menos falar quando estão sentindo dores. Toda família gosta de ter em casa algum bichinho domesticado, sobretudo, para distrair e alegrar as crianças. Contudo, muitas vezes não há o conhecimento adequado por parte dos pais e familiares, fundamental como o cuidado diário, para ser praticado com as crianças a fim preservar a saúde dos animais domésticos, e assim prolongar a vida deles. “Cara de um, focinho do dono!” quer estreitar ainda mais o laço de carinho entre a criança e seu bichinho de estimação, para que o convívio responsável e harmonioso entre eles interfira diretamente no processo de humanização da criança. Se a criança percebe que pode cuidar bem do seu animal, sua capacidade de respeito à vida será estendida a todos os outros campos de convivência.

 

A ficha técnica conta com a direção e produção geral de Dnize Castro. O elenco é composto por Jana Galdi, Luana Crempe e Caique Guillen. A assistência de produção  é de Michelle Oliveira, a fotografia é de Tati Zanicheli, o cenário é de Gil Gabriel e Edson Naindorf, os bonecos e adereços pertencem a Gil Gabriel, a assistência de cenografia foi realizada por Yuri Pietreski, como técnico de som e sonoplasta está Guaraci Ximenes, na filmagem e edição encontra-se Will Veltroni. O espetáculo conta ainda com Marco Taipeiro Junior na parte de animador, Rafaella Tuma como designer gráfica e R.A. Tormena na captação de recurso e assessoria de imprensa.

 

 

 

 

A história

 

Palhaça Pipinela, dona irresponsável do gato Arranhão e do cachorrinho Mordidinha é vizinha da palhaça Nena, que é dona responsável do gato Pompom e da cachorrinha Costelinha. O espetáculo fala sobre a importância do acesso às informações corretas sobre como tratar seus animais de estimação e mostra o que pode acontecer se você não tem esses cuidados!!!!

Pipinela não sabe como cuidar de seus animais de forma responsável, vive se envolvendo em diversas confusões com os vizinhos e precisando de socorro, porque seus bichinhos sempre ficam doentes, e a Nena que sabe como alimentar e cuidar de seus animais de forma responsável, vai ensinar para a amiga atrapalhada como ela deve cuidar de seus bichinhos!

No final dessa divertida história todos saem ganhando: donos, bichos e público, os quais aprendem sem perceber valiosos ensinamentos sobre a posse responsável dos animais!!!

 

 

A Cia TPK

 

Os integrantes da Cia TPK – PRODUÇÕES ARTÍSTICAS completaram treze anos de parceria produzindo espetáculos, eventos e propostas educativas, voltados para o público infanto-juvenil. O grupo teve início em 2005, quando começou a realizar pequenas cenas circenses-teatrais, em que a figura do palhaço era o mote principal das criações. Inicialmente, os integrantes desenvolveram pesquisas sobre esquetes clássicas de palhaços de circo e, a partir delas, começaram a estruturar seu primeiro espetáculo, “Circo Tokpotok” (2005), que já circulou por cinco estados brasileiros (SP, PR, MG, SC e RS) e também foi apresentado em Portugal, participando da programação de dezembro de 2010 do Theatro Circo de Braga. A companhia já realizou parcerias com instituições públicas e privadas, enfatizando sua atuação social, proporcionando, além de apresentações teatrais, ações educativas, oferecendo diversos cursos de iniciação nas artes do palco e do palhaço. Em 2011, o grupo abandonou seu antigo nome (Cia Tokpotok- Teatro e Animação Infantil), passando a se chamar Cia TPK-PRODUÇÕES ARTÍSTICAS, dando, no entanto, continuidade ao espírito que sempre moveu seus integrantes: produzir com qualidade para o público infanto-juvenil!