Número de infectados por COVID-19 em São Carlos é dez vezes maior que o oficial, diz pesquisa

Mais positivos

Os pesquisadores do “Testar para Cuidar – Programa de Mapeamento da COVID-19” em São Carlos divulgaram nesta terça-feira, 7 de julho, os resultados da primeira etapa do levantamento. Dos 1.048 moradores testados via levantamento, 17 tiveram resultado positivo, ou seja, 1,62%.

A primeira etapa foi realizada nos dias 13 e 14 de junho, com a participação de 75% dos moradores selecionados. “A partir da análise das amostras e dos números, nós concluímos que naquele momento, entre os dias 13 e 14 de junho, o número estimado de infectados era de 3.167 pessoas. Ou seja, 10 vezes mais do que indicava o número oficial da Vigilância Epidemiológica, que era de 313 casos confirmados”, afirma o pesquisador e estatístico Prof. Dr. Jorge Oishi.

 

Outro dado preocupante apontado pelo levantamento é de que a porcentagem de pessoas susceptíveis a serem contaminadas ainda é superior a 98%. “Esse número mostra que ainda não podemos flexibilizar os cuidados para evitar o contágio. Então é preciso manter o isolamento social e reforçar o uso de máscaras e a higiene das mãos”, alerta o estatístico.

 

Até o dia 14 de junho, o município registrava 7 mortes por COVID-19 e taxa de letalidade adulta de 2,24% (o que significa que 2 em cada 100 pacientes infectados morreram). Pela estimativa do TESTAR PARA CUIDAR, a letalidade na época foi bem menor, de 0,22% (o que significa que 2 em cada 1 mil pacientes infectados morreram).

 

“Com esse levantamento, é possível ter uma ideia mais precisa da prevalência da doença em São Carlos e da letalidade da COVID-19 no município. E a partir desses dados, pensar em estratégias mais pontuais para o enfrentamento da pandemia”, explica a médica infectologista Carolina Toniolo Zenatti, coordenadora do Serviço de Controle de Infecção relacionada à Assistência em Saúde (SCIRAS) da Santa Casa e uma das coordenadoras do Testar para Cuidar.

 

O “TESTAR PARA CUIDAR – PROGRAMA DE MAPEAMENTO DA COVID-19” é uma iniciativa da Santa Casa, Prefeitura de São Carlos, Statsol, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Hospital Universitário (HU-UFSCar) e Unimed São Carlos.

 

Para o prefeito Airton Garcia somente está sendo possível realizar esse trabalho, um dos maiores do Brasil, em virtude da união e esforços de todos os envolvidos. “Os primeiros números nos mostram que as medidas foram tomadas no momento certo, que não foram cedo demais. Fomos o primeiro município, até mesmo antes do Estado, a determinar o isolamento social e vamos continuar alertas. Estamos em outro patamar quando a questão é o monitoramento da expansão da pandemia. Mas é preciso continuarmos seguindo as orientações das autoridades médicas, por isso, se puder, fica em casa”, ressalta o prefeito de São Carlos.

Nesta terça-feira, 7 de julho, teve início a terceira etapa do Mapeamento. Até sexta-feira (10), 1.400 pessoas serão visitadas. Alunos do curso de Medicina e de outras áreas da saúde da UFSCar e de outras instituições de ensino, integrantes ou não da ação “Brasil Conta Comigo”, juntamente com profissionais voluntários da área da saúde do HU-UFSCar e Santa Casa, estão visitando os domicílios, entre 8h e 17h, e entregando uma senha com agendamento para a coleta de exame de sangue em um local próximo da residência dos moradores selecionados.

Importante frisar que todos os profissionais envolvidos no levantamento estão usando os equipamentos de proteção individual necessários. Além disso, todos estão devidamente identificados com uniformes e crachás e contam com apoio da Guarda Municipal.

A coleta do exame de sangue será realizada no sábado (11) e domingo (12), com a participação da equipe da Unimed São Carlos e outros profissionais da saúde, em 16 pontos espalhados pelo município: escolas municipais, com apoio da Secretaria Municipal de Educação, Casa das Voluntárias da Santa Casa, Vigilância Epidemiológica e Parque do Kartódromo. A Diocese de São Carlos também está dando apoio ao “Testar para Cuidar” e disponibilizou salões paroquiais de várias igrejas para que o levantamento fosse feito.

 

 

SERVIÇO:

TESTAR PARA CUIDAR – PROGRAMA DE MAPEAMENTO DA COVID-19 EM SÃO CARLOS

 

VISITAS DOMICILIARES:

07 a 10 de julho – 8h às 17h

 

APLICAÇÃO DE QUESTIONÁRIO E COLETA DE SANGUE

11 e 12 de julho – 8h às 17h

 

PARA CONSULTAR O RESULTADO DO SEU EXAME, É SÓ ACESSAR: http://testarparacuidar.saocarlos.sp.gov.br/

 

Profissionais que participam do programa