O assaltante que tem assustado os universitários em São Carlos

Rua dos Inconfidentes é uma das áreas de atuação do assaltante

As redes sociais se transformaram num grande termômetro do que acontece nas cidades e em São Carlos elas fervem justamente porque temos um grande número de universitários, afinal a USP e a UFSCar atraem essas pessoas devido à sua excelência e elas são responsáveis por movimentar e animar, mesmo em tempos de pandemia, a economia do município. Sem os universitários, São Carlos seria apenas mais uma cidade pequena do interior sem muitas opções para se fazer algo.

Dito isso, é preciso observar, e outros colegas da mídia também já fizeram isso, que os estudantes andam sendo importunados (mais do que o normal) por um homem que se diz ex-presidiário, tem mais ou menos a altura de 1,70, é negro e tem o cabelo razoavelmente grande. Essa descrição pode até não ajudar muito, pois ela bate com a de muitos brasileiros que são assim, mas o indivíduo tem aprontado bastante.

De uns tempos para cá, esse cidadão tem agido no perímetro da Carlos Botelho, 15 de Novembro, Rua dos Inconfidentes passando pelas imediações da USP e seguindo até o Terminal Rodoviário (e outros logradouros da região). Chega sempre com uma conversa de pedir alguma coisa, mas depois se identifica como ex-detento, fala que está armado com faca e ameaça ou assalta o estudante. Nas redes há várias queixas sobre ele e muitos universitários comentam que fizeram boletim de ocorrência a respeito do assunto. Ele já levou dinheiro de muitos estudantes, em um dos casos obrigou uma jovem a sacar uma quantia de um caixa eletrônico, pois estava com uma faca na cintura e usando uma bicicleta. Em outra oportunidade abordou um rapaz que passava perto de uma farmácia, sem contar outras peripécias que aprontou. Ele provoca calafrios nos estudantes!

O fato é que a comunidade universitária está muito assustada, eles estão pedindo o apoio das forças de segurança da cidade para tentar capturar e retirar das ruas esse marginal, antes que alguma coisa grave aconteça. Esperamos que as polícias Civil e Militar e também a Guarda Municipal consigam prendê-lo antes que algum estudante saia ferido de um episódio como esse, pois andar por essa região onde os universitários estão sempre realizando seus afazeres do cotidiano se transformou numa zona de medo para eles e também para quem é uma pessoa comum, alguém da cidade.

O homem ameaça, diz que vai esfaquear, ainda não esfaqueou, mas e se alguma vítima resistir? O que poderá acontecer? Passou do momento desse indivíduo  responder à justiça por seus crimes. É verdade, nós sabemos, há muitos casos sendo investigados em São Carlos, mas acreditamos que os estudantes merecem essa ajuda, pois são força motriz fundamental para fazer da cidade aquilo que ela é no cenário nacional e internacional: uma capital de conhecimento e não de um assaltante que aterroriza gente honesta todos os dias.

Que ele seja preso o mais rápido possível, isso tem que acabar!

Renato Chimirri