O perigoso trecho da WL em São Carlos que precisa urgente de 3ª faixa e ninguém faz nada

Trecho perigoso

No último feriado a saída para a Washington Luís de quem vem da Getúlio Vargas e pretende acessar à pista no sentido de Araraquara precisou ser interditado, por medida de segurança, pela Polícia Rodoviária.

Muitos criticaram a atitude da Polícia, mas na verdade, ela foi correta no sentido de se evitar acidentes corriqueiros e graves que tem sido registrados na região da Havan em São Carlos. Em dias normais, esse trecho em horário de pico tem caminhões “encavalados” e lentos na via aos montes, o que confere enorme perigo para motoristas de carros de passeio e motociclistas.

O local é uma subida acentuada, os caminhões, muitos com cargas pesadas, sobem lentamente a região e isso faz com que uma fila se forme, sobrando apenas uma faixa para os carros de passeio se aventurarem. Em muitas ocasiões, acidentes ocorrem, porque um motorista tira para ultrapassar ao mesmo tempo que o outro, sem contar os inúmeros engavetamentos já registrados neste local.

Perigo diário para motoristas na WL

Para piorar, em alguns momentos, outros caminhoneiros também tentam ultrapassar veículos do mesmo porte, mas que são profundamente lentos e isso gera um congestionamento contumaz e perigoso nessa região.

O que fazer? O adequado para o momento seria a construção de uma terceira faixa neste trecho da Washington Luís nos dois sentidos, isso daria mais segurança para quem dirige e formaria três corredores: um para caminhões muito lentos, outro para caminhões em velocidade maior e um terceiro por onde andariam, neste trecho, carros de passeio.

Os acidentes acabariam? Não! Porém, certamente diminuíram de maneira considerável. Há também a questão de uma marginal passando ao lado da WL, o que desafogaria o trânsito são-carlense. Também seria uma boa pedida, porém é mais fácil um careca ganhar cabelos do que essa obra sair.

Enquanto isso, acidentes são sempre registrados por ali, acessos são fechados e as concessionárias de pedágio continuam cobrando dos usuários por algo que deveria ser público e bem cuidado.

Para não perder o registro, os políticos? Todos caladinhos. Isso porque nem falamos do perigoso trevo da loja Havan. Em meio a tantos perigos, ainda há mais esse que precisa ser sanado rapidamente.

Até quando ficaremos assim?

Renato Chimirri