O “tira casaco e bota casaco” dos semáforos da Marginal e o desrespeito ao pedestre

Semáforos estão desligados

A cena clássica de Hollywood do “tira casaco e bota casaco” virou “meme” para tudo o que é enrolado, não é? Aqui em São Carlos temos algumas situações assim. Uma delas são os semáforos que foram instalados, depois retirados, reinstalados e agora retirados da avenida Comendador Alfredo Maffei (Marginal) entre os cruzamentos da Manoel Antonio de Mattos e a Totó Leite na região do “novo” Savegnago.

Cruzamento da Totó Leite: lugar perigoso para o pedestre

Quando o supermercado foi inaugurado e logo depois uma unidade da Rede Rosário também pintou por ali, o movimento de pedestres na região cresceu, entretanto o de carros que em horário de pico já era enorme foi incrementado ainda mais, sobretudo por quem volta para a casa ou vai trabalhar ou então se desloca para compras no mercado ou na farmácia. Com isso, o fluxo de carros se tornou praticamente insustentável para quem anda a pé fazer a travessia no cruzamento da Marginal com a Manoel de Mattos ou então da mesma avenida com a Totó Leite.

Diante disso, o que fez a Prefeitura? Primeiro pintou as faixas de pedestres no local, mas como sabemos muitos motoristas não ligam para isso e continuaram a imprimir velocidade considerável nos cruzamentos e para qualquer pedestre (especialmente idosa (o) que são muitos nessa região!) conseguir atravessar essas ruas era uma verdadeira luta.

Houve uma grita da população das imediações por semaforização do local, depois de muito tempo, de alguns acidentes nos cruzamentos, de pessoas tendo que correr para atravessar o lugar, de mães com crianças de colo sofrendo para cruzar as vias, a Prefeitura colocou semáforos nessas ruas e assim resolveu um problema.

Ocorre que depois de um período, algumas pessoas começaram a reclamar, talvez impacientes, aqueles que não sabem esperar e alguns sem amor ao próximo, especialmente o próximo que anda a pé, que os semáforos eram muito demorados. A nova gritaria fez efeito na Prefeitura e o que fez o então Secretário de Trânsito, Coca Ferraz? Retirou a semaforização dos cruzamentos, implantou semáforos com curto período fechado, bem antes do encontro das ruas. À época, o povo da Prefeitura disse que ali era para funcionar como uma rotatória, ledo engano, não?

Os motoristas em sua maioria passaram a desrespeitar o semáforo anterior ao cruzamento e a muvuca voltou a aparecer na região da Manoel de Mattos com a Totó Leite. Em horário de pico, as pessoas sofrem, não conseguem passar e já tivemos registros de novas batidas na região.

Na semana que passou, vereadores mandaram matéria para a imprensa “comemorando” o desligamento dos semáforos que estavam antes dos cruzamentos. Bom, não sabemos se há motivos para a comemoração, mas temos a certeza que os semáforos nos referidos cruzamentos precisam voltar, pois o pedestre novamente está sob grande risco. A pergunta que fica é: até quando São Carlos pensará apenas em carros e não em que anda a pé? Estão esperando acontecer algo grave nessa região para tomar uma providência? Quem é o secretário de Trânsito? Será que ele já passou por ali?

Do jeito que está, sem nada, apenas com plaquinhas de PARE, quem anda a pé por ali e são milhares de pessoas todos os dias, correm um grande risco. Com a chuva de hoje ir ao mercado e atravessar a Marginal escorregadia e sem semáforo é um convite ao perigo. O que essas autoridades estão pensando da vida?

Renato Chimirri