Operação visa coibir receptação de produtos furtados

Prefeitura realizou operação

Com o objetivo de coibir o comércio de fios furtados no munícipio, a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, com o apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e o Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal Habitação e Desenvolvimento Urbano, realizou nesta quinta-feira (18/02), a operação anti-receptação em depósitos de sucatas.
Oito estabelecimentos localizados nos bairros Jardim Gonzaga, Cidade Aracy, Jardim Cruzeiro do Sul e no distrito de Água Vermelha foram fiscalizados, sendo que três deles foram interditados, cinco autuados e notificados, e em 2 estabelecimentos foram encontrados materiais de procedência duvidosa.


De acordo com o secretário municipal de Segurança Pública, Samir Gardini, a operação foi desencadeada após a constatação no aumento de furtos de fios em estabelecimentos comerciais, residências e prédios públicos. “É uma operação que visa acabarmos com a onda de furtos de fios que acontece na cidade. Muitas vezes esses crimes são cometidos por usuários de drogas que vendem esses materiais furtados para o comércio de sucata”, explicou o secretário.


Caso seja constatado produto de furto, o dono do comércio responde pelo crime de receptação com pena de reclusão de 1 a 4 anos para casos em geral e de 3 a 8 anos para o crime de receptação qualificada.