Pacientes de São Carlos passam por consulta oftalmológica no AME de Américo Brasiliense

No último sábado, dia 20 de outubro, a Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Saúde, levou para Américo Brasiliense 164 usuários do Sistema Único de Saúde de São Carlos, que já estavam cadastrados, em fila de espera, para passar por consulta oftalmológica por meio do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) que funciona junto ao Hospital Estadual Américo Brasiliense.

O procedimento está sendo realizado através de convênio firmado entre a Prefeitura e o Governo do Estado, por meio da Diretoria Regional de Saúde – DRS-III de Araraquara. Nesta primeira etapa os pacientes passaram por uma consulta oftalmológica para uma avaliação pré-operatória, fundamental para planejamento da melhor estratégia cirúrgica a ser utilizada para cada pessoa, com o cálculo das lentes intraoculares a serem implantadas.

O AME Américo Brasiliense ofertou 329 vagas para São Carlos, com 288 agendamentos. Todos os cadastrados no Departamento de Regulação, Controle e Avaliação da Secretaria de Saúde de São Carlos foram avisados e receberam um comunicado, sendo que 164 se deslocaram em ônibus cedido pela Prefeitura de São Carlos ou veículos particulares, até o AME. Outros 124 pacientes não compareceram.

Dos 164 pacientes que passaram pela consulta, 140 tiveram indicação cirúrgica, 22 foram atendidos somente para retorno e 2 tiveram alta, pois com o tratamento já resolveram o problema. O próximo passo para quem teve indicação para cirurgia é passar por uma avaliação pré-anestésica, procedimento que já começa a ser feita no dia 14 de novembro.

O objetivo da Prefeitura de São Carlos é zerar a fila para cirurgias oftalmológicas. A Prefeitura também mantém contrato com a Santa Casa de São Carlos para a realização de 35 cirurgias oftalmológicas por mês, número de procedimentos autorizados e pagos pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o prefeito quem vai fazer a cirurgia será avisado pelo próprio AME e a Secretaria de Saúde de São Carlos continuará oferecendo o transporte. “Já falei com o secretário Palermo e a secretária vai custear o transporte para que esses 140 pacientes que precisam de cirurgia passem pela consulta com anestesista e depois também para fazer a cirurgia, o que acreditamos começar ainda esse ano”, disse Airton Garcia.

O secretário de Saúde de São Carlos, Marcos Palermo, está em negociação para que outras cirurgias eletivas, como de varizes e vesícula, possam ser realizadas pelo Governo do Estado também a custo zero para o município.