Padre Luiz Botelho recebeu título de “Cidadão São-carlense”

Em sessão solene presidida pelo vereador Julio Cesar, presidente da Câmara Municipal, o padre Luiz Antenor Rosa Botelho, pároco da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, recebeu na última sexta-feira, na sala das sessões do Edifício Euclides da Cunha, o título de “Cidadão Honorário de São Carlos”. A concessão da honraria foi oficializada por meio do Decreto Legislativo No.904, proposto pelo vereador Gustavo Pozzi, orador oficial da solenidade.

Compuseram a mesa principal da cerimônia o presidente Julio Cesar, a Diretora-Presidente da Fundação Pró Memória, Maria Isabel Alves Lima (representando o prefeito Airton Garcia Ferreira), o coordenador operacional do 38º.Batalhão da Polícia Militar do Interior, major Jefferson Lopes Jorge (representando o comandante da corporação, Coronel Wellington Alexandre), o capelão da Associação PMs de Cristo, Jarbas Antonio Valentin, e  Luiz Alberto Botega, do Conselho Metropolitano  de São Carlos da Sociedade São Vicente de Paulo (representando a presidência da SSVP).

Diretor espiritual dos vicentinos, padre Luiz Botelho é também capelão na Polícia Militar, Vigário Judicial Adjunto no Tribunal Eclesiástico da Diocese de São Carlos e Vigário Judicial da Diocese de Barretos. Durante a sessão, o religioso teve destacada pelos oradores que se pronunciaram a sua  simplicidade, interação com a comunidade e dinamismo.

Natural de Matão, com 44 anos, padre Luiz Antenor Rosa Botelho é filho de Aparecido e Lourdes e tem quatro irmãos. Entrou para o seminário em 1997; foi ordenado Diácono em 2004, exercendo seu diaconato na cidade Brotas; foi ordenado Padre em 2 de julho de 2005. Exerceu a função de Padre nas cidades de Rincão e Itirapina, em 2005; de setembro do mesmo ano até 2009, na cidade de Santa Lúcia; e a partir de então passou a conduzir a Paróquia de São José, em Araraquara até o ano de 2014, quando foi transferido para a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em São Carlos. É Doutor em Direito Canônico pela Faculdade “Padre Dr. Giuseppe Benito Pegoraro” da Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, agregado ao Institutum Utriusque Iuris da Pontifícia Universidade Lateranense de Roma.