Pesquisa da UFSCar busca casais que morem juntos e trabalhem fora de casa

Estudo busca voluntários para avaliar a relação entre casais heterossexuais que dividem o mesmo teto e tenham atividades em outros locais 

 

O Laboratório de Análise e Prevenção da Violência (Laprev) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) busca pessoas voluntárias para participar da pesquisa de mestrado intitulada “Dinâmicas familiares: relações de gênero, divisão de tarefas e relações conjugais”, realizada por Maria Alice Centanin Bertho, do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPsi) da Universidade, sob orientação de Sabrina Mazo D’Affonseca, docente do Departamento de Psicologia (DPsi) da Instituição.

A pesquisa objetiva investigar como se dá a dinâmica de casais heterossexuais diante de três aspectos: demandas domésticas e familiares, especialmente a divisão de tarefas e a conciliação entre tais demandas e o trabalho fora de casa; como os parceiros se comunicam e percebem o apoio recebido na relação; e quais características pessoais podem estar relacionadas com a maneira como a dinâmica conjugal acontece. 

Podem participar do estudo homens e mulheres que estejam em um relacionamento heterossexual, dividindo o mesmo lar, e em que ambos exerçam uma atividade remunerada. A participação na pesquisa consiste em responder um questionário online (http://bit.ly/2WDkyQN), com duração aproximada de 25 minutos. O prazo para resposta é até 30 de abril. 

Mais informações estão disponíveis no cartaz de divulgação e dúvidas podem ser esclarecidas pelos e-mails marialicebertho@gmail.com ousamazo@hotmail.com. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 89996218.4.0000.5504).