Pílula que promete evitar a ressaca começa a ser vendida

Uma pílula que promete evitar a ressaca passou a ser comercializada na Europa.  Mykl é um medicamento que poderia fazer o processo do álcool antes do mesmo da substância ir até o fígado, a dose de duas pílulas seria a suficiente para que as pessoas não tivessem dor de cabeça, tontura, cansaço e o chamado mal estar depois de beber certa quantia.

Segundo consta, o medicamento funciona quebrando  o álcool em água e gás carbônico dentro do organismo, a partir da ativação de bactérias, Bacillus subtilis e Bacillus coagulans, um aminoácido (L-cysteine) e da vitamina B12.

A novidade do medicamento é que o mesmo poderia fazer com que essa separação se desse antes do álcool chegar ao fígado, onde o processamento é lento. A medicação foi inventada em 1990 por Johan Faire, um cientistas suíço, mas passou por melhor desenvolvimento por 30 anos. O trabalho da pílula reduziria o álcool em 70% e permaneceria no organismo por 12 horas, segundo estudo da fabricante. O recomendado para o tratamento seria a ingestão da pílula 12 horas antes de beber. Porém, especialistas estão questionando a eficácia do medicamento dizendo que não se tem evidências sobre sua eficácia.

O preço das cápsulas é de 30 libras ou R$ 192 por 30 comprimidos. Por enquanto, a entrega é feita nos seguintes países: Reino Unido, Irlanda, Alemanha, França, Noruega, Itália, Suécia, Dinamarca, Áustria, Finlândia e Suíça.

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay