Portaria da aglomeração: Prefeitura divulga nota sobre polêmica com vereadores

Paço Municipal em São Carlos/Maurício Duch

Com relação à Portaria nº 02/2022 publicada no Diário Oficial de São Carlos, a Secretaria Municipal de Educação (SME) esclarece que o ato terá vigência de 15 (quinze) dias, pois nesse prazo a Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas (SMGP) vai estar contratando professor substituto para afastamentos de curto prazo.

Com isso, após a abertura de diálogo e reuniões com os representantes da Câmara Municipal, no sentido de buscar uma solução a fim de acertar essa situação e fortalecendo o direito das crianças de estarem na escola, os vereadores compreenderam a necessidade atual, tanto ligada aos professores quanto às famílias dos estudantes, de que essa portaria deverá ser revogada no prazo que foi necessário para a rede municipal continuar acolhendo todas as suas crianças e adolescentes.