Preços do tomate, cenoura e batata disparam em São Carlos

Preços altos nas bancadas

O preço do tomate, da batata e da cenoura, itens básicos da mesa do brasileiro e do são-carlense, está pela hora da morte. Numa breve passagem por alguns supermercados a reportagem pode constatar que a cenoura custa quase R$ 10 o quilo (9,99 em uma grande rede do Centro), mas em outro revendedor a cenoura está custando quase R$ 14 por quilo. 

O tomate está perto dos R$ 13, em outro mercado achamos tomate por R$ 9,98 (uma outra grande rede do Centro). A batata bateu quase R$ 6 em um mercado e 4,98 em outro. A cebola em muitos mercados está perto dos R$ 5,50 por quilo, já o pimentão verde está chegando também aos R$ 14, numa prova de que o preço está crescendo a cada semana dando a exata noção que a inflação dos alimentos é bem maior do que os índices divulgados pelo governo federal.

Hoje, os alimentos dentro de uma casa representam em média mais de 15% dos gastos no orçamento de uma família. Esse gasto é ainda maior para as famílias de renda muito baixa (cerca de 25% do salário recebido), essas famílias consomem poucos serviços. No ano de 2020, os alimentos foram os grandes vilões da inflação, com alta de 18%.