Prédio da FATEC deverá ser construído no Parque Damha; Industrial passará por reforma

Reunião realizada ontem em SP

O presidente da Câmara, Roselei Françoso, revelou no dia de ontem, 12, que a FATEC deverá ganhar um prédio orçado em R$ 30 milhões no Parque Eco-tecnológico Damha. Ontem também, Roselei se reuniu com a direção do Centro Paula Souza que é responsável pelas ETECs e discutiu a lastimável situação do prédio da Escola Industrial de São Carlos que literalmente está caindo. “No início da tarde desta quinta consegui, por intermédio do ex-secretário Estadual de Educação, Rossieli Soares, uma reunião com a diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Lagana, na sede em São Paulo,  para discutir a situação da ETEC Paulino Botelho de São Carlos, cujo teto caiu recentemente”, disse o vereador.

Segundo o vereador, a escola merece uma reforma. “A ETEC, que funciona defronte à Praça Brasil, na Vila Nery, está completando 90 anos e merece toda a nossa atenção, em especial no meu caso que fui aluno da escola na década de 1990, quando me formei técnico em eletrônica”, afirmou.

Com relação a FATEC, Roselei revelou: “Na conversa, a diretora Laura me garantiu que o novo prédio da FATEC, no valor de R$ 30 milhões, que será construído em área de 22 mil metros quadrados no Parque Eco-Tecnológico, está garantido desde que eu consiga viabilizar o projeto executivo, de custo estimado em R$ 300 mil. Em reunião online realizada na manhã desta quinta com a diretora da ETEC, Dirlei Martins Franco, e com o diretor da FATEC, José Roberto Garbin. Laura destacou uma equipe de arquitetos para ir até a ETEC Paulino Botelho avaliar uma reforma mais aprofundada, que incluiria até a cobertura da quadra”.