Prefeitura conclui obras de recuperação na rua Episcopal

Rua sendo recuperada

O trânsito no local será liberado a partir da manhã desta quinta-feira

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, concluiu na tarde desta quarta-feira (09/12), as obras de recuperação da rua Episcopal, próximo ao Calçadão. Com a conclusão da obra, o trânsito de veículos será liberado a partir da manhã desta quinta-feira (10/12).


Os trabalhos de reparo dos estragos causados pelas enchentes na região central da cidade tiveram início na última sexta-feira (04/12), e contou com a substituição do asfalto danificado pela força das águas e a reconstrução das galerias de águas pluviais destruídas. Além da rua Episcopal, também estão sendo recuperados outros pontos atingidos pelas enchentes, como alguns trechos da avenida Comendador Alfredo Maffei, próximo as ruas José Bonifácio, Aquidaban e Jesuíno de Arruda; e posteriormente a região do bairro Lagoa Serena e do Parque do Bicão.


Com investimento no valor de R$ 1.050.000,00, a recuperação dos estragos causados pelas enchentes do último dia 26 de novembro, está sendo feita por uma empresa contratada por meio do Decreto de Situação de Emergência, que permite mais agilidade no processo de recuperação dos estragos. Durante a conclusão dos trabalhos na rua Episcopal, o secretário municipal de Serviços Públicos, Mariel Olmo, conferiu com engenheiros da empresa contratada os serviços realizados, e destacou o tempo de conclusão da obra.

“Fizemos o trabalho de recuperação dos estragos da enchente na Episcopal em tempo recorde. Logo após a publicação do decreto, corremos para agilizar o processo burocrático e devolver a normalidade no tráfego de veículos na região central da cidade o quanto antes. Finalizando os trabalhos aqui no centro, vamos arrumar os estragos causados no bairro Lagoa Serena, e também, na rua Ananias Evangelista no Parque do Bicão”, concluiu o secretário.


O prefeito Airton Garcia ressalta que essas obras emergenciais estão sendo realizadas com recursos próprios. “Prometemos recuperar a área central o mais rápido possível, por isso já utilizamos recursos do próprio município. Mas também já passamos o chapéu tanto no Governo do Estado como em Brasília para fazer obras estruturais”.

MUDANÇAS – Além dos trabalhos de recuperação das vias danificadas, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, também realizou obras de readequação da Praça Ângelo Luporini, no cruzamento das ruas Jesuíno de Arruda, José Bonifácio e Geminiano Costa, retirando um canteiro central. A mudança foi necessária após a constatação da retenção de água da chuva, que contribuía para que as enchentes ficassem mais perigosas naquela região.


De acordo com o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, João Muller e o secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo, a rotatória que compõe a praça permanece, só que agora, ao invés de um canteiro central, foi instalado um tubo de 1.500 mm com um ralo de ferro, que funcionará como válvula de escape para jorrar a água em excesso no caso de enchente, evitando que a força da água estoure o concreto e o asfalto.


“Foi a solução que encontramos para solucionar um problema que estava incomodando os comerciantes, que inclusive, fizeram um abaixo assinado pedindo a retirada do canteiro central”, acrescentou João Muller.