Prefeitura de São Carlos intermedia solução para acesso na Rodovia Washington Luís

Reunião discutiu situação

Uma reunião na manhã desta terça-feira (19), no Paço Municipal reuniu agentes públicos e empresários para discutir soluções para a regularização de acessos à rodovia Washington Luís, em conformidade com o que estabelece as normas e regulamentação da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP).

A ARTESP desde 2016 está exigindo das empresas localizadas às margens da rodovia, entre a avenida Getúlio Vargas, um acesso regulamentado comercialmente e isso tem uma série de exigências. Em alguns locais, essas exigências não foram atendidas e o problema se arrasta. Em fevereiro, a Concessionária Triângulo do Sol informou a Prefeitura sobre o assunto.

A Prefeitura de São Carlos fará a intermediação das ações entre os empresários e a ARTESP. “É um problema antigo, que as administrações anteriores não enfrentaram. Nós sentamos hoje com os empresários para buscar um consenso, uma solução que atenda as necessidades de todos e assim, evitar o fechamento dos acessos por parte da ARTESP. Nós estamos mediando a melhor solução para apresentar a Agência”, informou Caco Colenci, secretário de Planejamento.

Durante a reunião, ficou acordado que os empresários irão contratar um projeto que esteja dentro das exigências legais da ARTESP. “A Prefeitura irá acompanhar o projeto que será custeado pelos empresários. Com o projeto em mãos, vamos ver qual a obrigação da administração municipal e da ARTESP e fazer as gestões necessárias para executar as obras”, explicou o secretário.

Para os empresários, a melhor solução é a implantação de uma marginal entre a avenida Getúlio Vargas até o dispositivo da antiga Fazenda Hotel. “Nós entramos num consenso, os empresários vão cotizar o custo do projeto para uma via marginal e a Prefeitura vai intermediar junto a ARTESP para que a obra seja executada”, contou Diniz Amilcar Matias Fernandes, empresário.

Uma nova reunião foi agendada para o próximo dia 10 de abril.