Prefeitura interdita parcialmente a Serrinha do Aracy

Serra será parcialmente interditada

Após vistoria realizada na manhã desta quarta-feira (02/02) pela Defesa Civil juntamente com engenheiros das secretarias de Obras, Serviços Públicos e de Transporte e Trânsito, acompanhados pela geóloga do Núcleo de Pesquisa em Geotecnia, Geociências e Meio Ambiente da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Marcilene Dante Ferreira, em virtude de deslizamentos ocorrido após a chuva da última terça-feira (01/02), ficou definido a interdição de uma das pistas da Serrinha do Aracy até que seja realizado um estudo técnico do que poderá ser realizado para eliminação dos riscos.


De acordo com a Defesa Civil em decorrência das chuvas dos últimos 15 dias, que ultrapassou 200 mm, algumas pequenas rochas, classificadas de arenito, se desprenderam do paredão. “Com a chuva constante elas ficam encharcadas e podem deslizar, por isso a nossa primeira medida será a interdição parcial de uma das pistas de subida (sentido bairro/centro), local onde pode ocorrer o deslizamento de terra ou rochas”, explica Pedro Caballero, diretor da Defesa Civil.


Arenito é uma rocha sedimentar resultante da deposição de areias que, após um processo de compactação e cimentação, se transformam em rochas.


A Secretaria de Transporte e Trânsito vai interditar, além de uma das pistas no sentido bairro/centro, o que não impede o trânsito de veículos, a calçada do lado direito da pista.


“Vamos aguardar o laudo que será realizado por especialistas para verificarmos o que poderá ser feito para eliminar qualquer risco de acidentes, uma vez que os motivos que desencadeiam esse processo estão ligados à forma de relevo, estrutura geológica do terreno, além das ações humanas que intensificam os deslizamentos”, finaliza Caballero.


Participaram da vistoria os secretários de Obras, João Muller, de Serviços Públicos, Mariel Olmo, de Comunicação, Mateus de Aquino, de Segurança Pública, Samir Gardini e o diretor de Trânsito, Sebastião Carlos Batista.