Professor Sérgio Mascarenhas conquista Prêmio da Sociedade Brasileira de Física

Prêmio para Mascarenhas

“Prêmio Joaquim da Costa Ribeiro” de Física da Matéria Condensada e Materiais

O docente e pesquisador do Instituto de Física de São Carlos (USP), Prof. Dr. Sérgio Mascarenhas, é o primeiro vencedor do “Prêmio Joaquim da Costa Ribeiro” de Física da Matéria Condensada e Materiais, instituído pela Sociedade Brasileira de Física (SBF).

O Prêmio destaca a excelência dos trabalhos científicos do pesquisador, reconhecidos internacionalmente, por sua contribuição ao desenvolvimento de instituições científicas e seu papel pioneiro na Física da Matéria Condensada no Brasil.

O Prêmio “Joaquim da Costa Ribeiro” de Física da Matéria Condensada e Materiais tem o objetivo de homenagear pesquisadores com reconhecida contribuição para a Física da Matéria Condensada e de Materiais (FMCM) no Brasil, podendo concorrer pesquisadores brasileiros ou estrangeiros com pelo menos vinte anos de atuação profissional em universidades ou centros de pesquisa no Brasil.

Sérgio Mascarenhas é Professor Emérito do Instituto de Física de São Carlos e do Instituto de Estudos Avançados de São Carlos da Universidade de São Paulo. Nasceu no Rio de Janeiro, em 1928. Na graduação, entre 1947 e 1951, estudou Física na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Química na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Após um período como pesquisador em universidades dos Estados Unidos, voltou ao Brasil, onde colaborou na criação e coordenação de instituições como o Instituto de Física e Química da USP de São Carlos, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e o Centro Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Instrumentação Agropecuária em São Carlos (EMBRAPA). Orientou cerca de 50 teses de mestrado e doutorado e publicou cerca de 200 artigos e livros. Especialista em Física da Matéria Condensada, sua pesquisa já abrangeu diversos temas: Biofísica Molecular, Física Médica, Física e Dosimetria das Radiações, Ciência e Engenharia de Materiais, Tomografia Computadorizada aplicada a pólos e agropecuária, Educação para Ciência, Arqueologia e Restauro de Arte. Entre seus prêmios estão a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (Brasil, Presidência da República), Guggenheim e Fulbright (Estados Unidos), Yamada Foundation (Japão) e Fundação Conrado Wessel 2006 na modalidade de Ciência Geral. Mascarenhas é membro da Academia Brasileira de Ciências e da American Physical Society, além de membro fundador da Academia Latino Americana de Ciência e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo.

A comissão julgadora do prêmio foi formada pelos Professores Luiz Davidovich (UFRJ), Marvin Cohen (UC Berkeley) e Nitin Samarth (Penn State University).

O Prêmio será entregue em sessão solene a ser realizada no Encontro de Outono da Sociedade Brasileira de Física, que ocorrerá em Aracaju (SE), entre 26 e 31 de maio próximo.

Assessoria de Comunicação – IFSC/USP