Projeto da UFSCar elabora guia de cuidados para catadores de recicláveis

O projeto de extensão “Coopera Ambiental”, desenvolvido no Departamento de Enfermagem (DEnf) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), elaborou a cartilha “Cooperando Caminhos: guia de cuidados aos catadores”, voltada para catadores de material reciclável, principalmente para aqueles que estão organizados em cooperativas. O acesso ao material é gratuito e pode ser feito pela Internet.


O objetivo da cartilha é promover saúde entre catadores de materiais recicláveis, por meio da educação em saúde e de conhecimentos que possam trazer benefícios também para a segurança no trabalho desse grupo. Dentre os temas tratados no material, a equipe do projeto destaca as orientações sobre uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), vacinação e como acessar os serviços públicos de saúde. “Grande parte dos catadores desconhece os riscos aos quais estão expostos e não fazem uso de nenhum tipo de medida de proteção para esses riscos. Muitos riscos podem ser facilmente diminuídos ou eliminados, por exemplo, adotando a higienização das mãos antes e após refeições e ter um local próprio na cooperativa para refeições e não no meio do material coletado”, exemplifica Gustavo Magno, aluno do curso de Enfermagem da UFSCar e integrante do projeto de extensão, coordenado por Silvia Uehara, docente do DEnf.


Além do aspecto da saúde, que gera melhor qualidade de vida no trabalho, a cartilha também aborda temas que envolvem o funcionamento das cooperativas e a importância da atuação conjunta dos catadores para o sucesso desses empreendimentos, proporcionando um ambiente de trabalho com mais união. “As cooperativas possibilitam um cenário com condições melhores de trabalho, maior segurança social (porque muitas recolhem a contribuição para INSS), além de favorecer a união entre catadores e o processo de luta para assegurar os direitos sociais”, destaca Magno sobre a importância das cooperativas. Além disso, o projeto reforça o papel essencial dessas organizações para a coleta seletiva em municípios de pequeno e médio portes, que, em geral, não têm uma iniciativa governamental para o gerenciamento dos resíduos recicláveis. 


A ideia da cartilha surgiu da pesquisa de Iniciação Científica (IC) de Gustavo Magno, com orientação da professora Silvia Uehara, que teve o objetivo de analisar as atividades em uma cooperativa de catadores da cidade de São Carlos. Diante dos resultados dessa pesquisa, originou-se o projeto de extensão para atender as demandas na saúde e na organização interna. Devido à pandemia, a ideia inicial de uma ação mais próxima das cooperativas e catadores foi adaptada para a produção da cartilha que aborda os temas levantados na pesquisa de IC.


A cartilha está disponível para download no Portal eduCapes (https://bit.ly/3ciNjLX) ou pode ser acessada no Instagram do projeto de extensão (instagram.com/cooperaambiental).

Coopera Ambiental
O projeto de extensão da UFSCar é coordenado pela professora Silvia Uehara, docente do DEnf, e conta com a atuação de três graduandos do curso de Enfermagem da UFSCar. A proposta do grupo é proporcionar atividades de educação permanente e promoção à saúde para as cooperativas de catadores de materiais recicláveis do estado de São Paulo e promover educação ambiental para a população. Mais informações podem ser acessadas no Facebook (facebook.com/cooperaambiental) e no Instagram (instagram.com/cooperaambiental) ou solicitadas pelo e-mail cooperaambiental.ufscar@gmail.com.