Quem se lembra da Delphos Night Club?

Ingresso da Delphos, uma relíquia!

Os anos 90 em São Carlos eram típicos de uma cidade do interior, com algumas atividades e o circuito universitário sempre com sua vida própria. Mas isso começou a se modificar quando surgiu uma boate na rua Major José Ignácio com a São Joaquim. Estamos falando da famosa Delphos Night Club.

A danceteria na cidade marcou época, tinha um público cativo e praticamente “iniciou” muitas pessoas que estavam começando a conhecer o mundo do divertimento. Lembro que na minha idade podia ir às domingueiras da Delphos, tinha até um pessoal que ia junto, mas era um povo meio chato, que depois deixei e passei a me encontrar com amigos de verdade que tornaram as tardes de domingo inesquecíveis.

Lembro que nunca tinha entrado numa danceteria e a Delphos foi a primeira vez. O que mais me impressionou quando cheguei à pista de dança pela primeira vez era o gelo seco, até então só havia visto aquilo em filmes e etc, era um garoto que ficava encantado com tudo o que via e sentia, bobeira juvenil comum. As pessoas dançavam de uma maneira esquisita e todos se misturavam de um jeito onde não havia preconceito, ao contrário, pelo para mim estava num ambiente democrático, inclusive para gênero, o que hoje para alguns bocós pode ser um espanto. O interessante da Delphos era o ambiente, você podia olhar de cima e ver o que se passava na pista de dança.

Nunca dancei muito, mas sempre gostei de observar as pessoas, ver como aqueles que tinham a minha idade se comportavam, eram épocas de sucessos como os de Double You, Right Said Fred e até rolava Twister Sister, (para mim esse era o melhor momento).

Não sei por que a Delphos fechou, nem lembro quando a danceteria acabou, sei que ela foi importante para a vida noturna da cidade. Depois até uma outra com o nome de Farao´s surgiu, mas não durou muito. Hoje temos casas noturnas legais em São Carlos, mas na minha modesta opinião não tem o glamour que existia na Delphos Night Club. Talvez eu afirme isso porque justamente foi um tempo de formação do meu caráter, no fim da adolescência para a idade adulta.

A Delphos fez parte da história de muitos são-carlenses, pena que hoje ela não existe mais e andar pelo Centro de São Carlos com um grupo de amigos no período noturno seja uma aventura perigosa. Pena que São Carlos mudou, para pior, infelizmente.

Abaixo um clipe de um dos grandes sucessos da Delphos:

Renato Chimirri

Foto do ingresso extraída da página da Delphos no Facebook