Redes de Supermercados de São Carlos aderem a novo cartão alimentação

Negócios locais ganham estímulo por meio do cooperativismo (Divulgação)

Os supermercados Carrefour, Extra, Tonin, Savegnago e Aquarelli, a casa de carnes Tamoyo e as peixarias Central e Casarão, além de outros estabelecimentos, já estão prontos para aceitar os cartões Alimentação e Refeição Coopcerto. Bares e restaurantes estão na fase de credenciamento.

A iniciativa é da Crediacisc, cooperativa de crédito que integra o Sistema de Cooperativa de Crédito do Brasil (Sicoob). “Em São Carlos, existem quase 10 mil cooperados Sicoob se considerarmos a Crediguaçu e Unimais”, explica o gerente geral da Crediacisc, Adão Luís Garcia. Para ele, a aceitação do cartão está positiva. “Em 45 dias visitamos 70 estabelecimentos e temos uma lista razoável de credenciados”.

As taxas cobradas pelo Coopcerto dependem do tipo de negócio do estabelecimento, no entanto, a Crediacisc aposta na expansão da rede local para melhorar as condições. Bráulio Bueno, técnico responsável pela implantação, explica que as empresas precisam ter a máquina das redes Bin, Cielo, Rede, Sipag, Vero, Global Payments, Safrapay, Sicredi ou Pop Credicard.

A próxima fase, que começa em março, é oferecer as opções de cartões aos cooperados. Segundo Garcia, o foco são empresas de 1 a 5 funcionários, já que as médias e grandes utilizam cartões de bandeiras maiores. “Se cada empresa cooperada tiver em média dois funcionários, temos um potencial de 20 mil cartões circulando e estimulando negócios locais”, avalia o gerente geral da Crediacisc.

Empresas que adotarem os cartões para seus funcionários organizam o pagamento do vale-refeição e vale-alimentação com os cartões pré-pagos, evitam ilegalidades trabalhistas, já que não incorporam o benefício à remuneração salarial e cumprem com a legislação ao se inscrever no Programa de Alimento do Trabalhador (PAT), obtendo isenção de encargos sociais (FGTS e INSS). O empresário que optar pela tributação com base no lucro real pode reduzir parte das despesas com o PAT do imposto sobre a renda.

“Além das vantagens práticas para os cooperados, o sistema Sicoob ajuda a estimular os negócios locais e, portanto, contribui com a comunidade no que chamamos de ação social de uma cooperativa”, analisa Marcos Alberto Martinelli, secretário executivo da Crediacisc. Uma lista com todos os estabelecimentos credenciados será disponibilizada. Além dos cartões Refeição e Alimentação, a Coopcerto em cartões de Vale-Presentes e Combustível.