Reze pelo Mayke e por quem está precisando muito nesse momento

O casal Mayke e Marcia

Hoje tivemos a triste notícia do falecimento da Marcia Chudo, aos 42 anos, por complicações da COVID-19. Marcia era uma pessoa extremamente gentil, amiga de todos e uma companheira na luta diária pelo fim da injustiça social. A internet amanheceu chorando e até agora está muito triste por essa partida.

Porém, ainda há o Mayke Marcolino, esposo da Marcia. Mayke também está hospitalizado com a COVID-19 e lutando para se recuperar deste mal que machucou demais a sociedade são-carlense e mundial. São muitos vidas tiradas, famílias despedaçadas, amores interrompidos por causa do Coronavírus.

Por isso, chegou a hora de elevarmos nossas preces pelo Mayke. Ele é uma ótima pessoa, amigo de muita gente, trabalhador, honesto, um cara do bem que gosta das coisas da cidade de São Carlos e que no seu trabalho diário roda o município para fazer a engrenagem da economia funcionar.

Hoje, é o Mayke, sua família, seus amigos, que estão aqui precisando dessa corrente do bem, amanhã pode ser eu ou você. Não custará nada parar uns minutos e elevar um bom pensamento por ele e pelas pessoas que estão sofrendo com a COVID e com as demais doenças, porque o colapso nos hospitais acontece justamente porque temos um alto número de pacientes com COVID precisando de atendimento e também outras pessoas com enfermidades gravíssimas que necessitam de atenção dos médicos.

Estamos num momento profundamente delicado e por isso todo mundo que tem um pouco de consciência precisa fazer sua parte respeitando as regras sanitárias e como não temos conhecimento suficiente para acabar com o vírus de imediato, nos resta rezar e cobrar as autoridades para que tenhamos doses de vacina para todos.

Enquanto esse governo ridículo perde tempo comemorando um golpe militar como o ocorrido no dia de hoje, mas em 1964, milhares de brasileiros estão morrendo devido à maior crise sanitária da história do país.

Por isso, se você tem um tempinho, reze pelo Mayke que está internado, por todos os doentes de COVID-19 e também pelos que sofrem de outras enfermidades. Quem sabe os céus ouvem nossas preces e o amanhã passe a ser menos cinzento que o dia de hoje, não é? Não custa nada tentar.

Renato Chimirri