Roselei diz que cenário é de caos e que muitos vão morrer se não houver respeito à quarentena

Roselei gravou vídeo

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, Roselei Françoso, fez um vídeo na noite desta sexta, 19, onde demonstra extrema preocupação com relação aos casos de COVID-19 na cidade. Roselei esteve reunido com membros da Prefeitura e também da Santa Casa de Misericórdia e expôs o que viu e o quadro não é bom. “A situação é terrível, não temos medicamentos, a partir da semana que vem a Santa Casa não terá condições de dar assistência à população de São Carlos se as coisas continuarem como estão, precisamos estar unidos e buscar ajuda, para não perdemos mais pessoas, pois a situação é caótica, mete medo e nos deixa atordoados, pois não sabemos aqui na cidade como iremos resolver isso”, ponderou.

Roselei enfatizou que o povo precisa se resguardar, evitar andar nas ruas sem motivo para que não se contaminem com o vírus da COVID-19. “Pois se adoecer, o tratamento será muito complicado, se a pessoa for internada, ela corre o risco de não voltar, peço pelo amor de Deus que as pessoas se cuidem e cuidem uma das outras, usando máscara, álcool em gel, não entrem em festas, pois a situação é desespero, não tem remédio no Brasil e termos que buscar em outros países, precisamos nos irmanar e falar às pessoas que estão nas ruas que elas precisam tomar cuidado”, advertiu.

De acordo com o vereador, os pedidos de leitos são constantes. “Não há leitos, não tem! Estamos chamando uma reunião com a Secretaria de Estado de Saúde amanhã ou segunda, vamos fazer uma carta ao Ministério da Saúde, faremos contato com a Organização Mundial de Saúde, aos governos, porque precisamos buscar medicamentos anestésicos não apenas para São Carlos, mas para todo o Estado, já estamos sofrendo as consequências”, apontou.

Há uma relação com centenas de medicamentos exibida por Roselei e que não estão disponíveis ou prestes a acabar no hospital. “Peço a atenção de todos, pelo amor às pessoas que vocês amam: tomem os cuidados necessários para evitar de se chegar perto de um hospital, os médicos estão escolhendo quem vive e quem morre, porque não tem vaga, hoje são 51 pessoas esperando uma vaga de UTI em São Carlos, nosso sentimento é de impotência e de não poder fazer muita coisa, só unidos podermos sair dessa”, disse.

Roselei afirmou que para fazer o lockdown é preciso organização. “Faz o lockdown em Araraquara e o povo vem tudo para cá, vão fazer lockdown em Ibaté, Ribeirão é a mesma coisa, se tiver que trabalhar algo nesse sentido tem que ser regionalizado, precisamos conversar olho no olho”, ressaltou.

O cenário pintado por Roselei é sombrio: “Se não tivermos os medicamentos necessários, muita gente vai morrer!”

O vereador voltou a defender a unidade e a organização. “O vírus está nos vencendo, cada dia que passa, uma pessoa próxima da gente está contaminada, só no final de semana passado quase 650 pessoas foram contaminadas  e se elas contaminarem outras, teremos mais de três mil novos casos, as pessoas não levam a sério, não são somente idosos internados, mas sim os nossos jovens que estão adoecendo!”, finalizou.

Por Renato Chimirri