Caiu...!

Numa entrevista no final da tarde desta sexta, 2, o então secretário de Trânsito e Transportes, Ademir Souza Silva anunciou que está pedindo demissão do seu cargo.

Ademir esteve em SP nesta semana e ontem anunciou que tinha conseguido alugar pelo menos 30 ônibus para pode aumentar a frota da Prefeitura para 114 veículos, inclusive questionado sobre uma possível volta da Suzantur a operar em São Carlos, ele disse que a possibilidade não existia. “Nestes dias em que estive viajando atrás de ônibus me passaram a informação que o prefeito tinha se reunido com a diretoria da Suzantur, juntamente com o ex-secretário Coca e o secretário de Esportes, Edson Ferraz e outros que teriam acertado a volta da empresa, procurei a informação com o prefeito e ele disse que tinha sido procurado, mas que o serviço não voltaria, tanto que na data de ontem dei uma coletiva porque o povo estava preocupado com volta da Suzantur, porque a cidade odeia a empresa e o serviço péssimo prestado está registrado na justiça e em processos administrativos que falam dessas ineficiências”, afirmou.

O demissionário secretário disse que recebeu a informação de representantes da Prefeitura tinham ido conversar com a justiça para a volta das operações da Suzantur em São Carlos. “Vão entregar tudo de mão beijada? E o dinheiro que foi colocado na empresa com o aval da Câmara? Foram autorizados dois milhões, foram pagos salários, rescisões, contas de energia que a Suzantur deixou, vejam a luz foi cortada e se ficou aproximadamente duas horas sem luz porque as contas de janeiro e dezembro não foram pagas”, ponderou. “Quando soube pedi minha demissão, minha exoneração, não participo de uma situação dessa! Botei minha cara bater e digo que na data de hoje estou formalizando (minha demissão), se o adiantado da hora não permitir, farei isso na segunda-feira, a não ser que coisas mudem, eu ainda tento ajudar, mas se continuar fora dos trilhos eu estou fora”, emendou.

Ademir Souza e Silva afirmou que não está magoado, mas inconformado com a situação. “Se eu soubesse que isso iria acontecer não teria nem participado do começo dela, não tenho mágoa, mas sinto que trabalhei em vão, quem olhar minha vida verá que tenho um passado limpo e sempre que entro numa parada venço, tive sucesso na minha vida profissional como advogado em todos os locais onde trabalhei”, admitiu.

O advogado também afirmou que existem informações de que o interventor Richard Wagner Jorge que atuava na Suzantur teria pedido demissão, porém essa informação não confirmada.

Resta saber se até segunda-feira, Ademir Souza e Silva realmente deixará o cargo.