SAAE contrata empresa para tapar 1.500 vazamentos de água em São Carlos

Reunião com a empresa

Com o objetivo de reparar cerca de 1.500 vazamentos de água já detectados e outros 15 que surgem diariamente, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE de São Carlos – vai investir R$ 1,7 milhão para a realização desse serviço.
A empresa Ercon Engenharia LTDA, vencedora do processo licitatório, vai executar os serviços de reparos de vazamentos no município, incluindo os distritos.


A assinatura do contrato, válido por 12 meses, entre a empresa e o SAAE ocorreu nesta quinta-feira (29/07) e foi formalizado pelo presidente da autarquia, Benedito Marchezin e pelos representantes da Ercon, Túlio Hostilio Stefani Gomes da Cruz e Yan Flávio da Costa Alvarenga, além dos servidores do SAAE, Alex Ciacci, superintendente de Projetos e Operações, Lauriberto Corsi (Mola), gerente do Setor de Obras e Manutenção e Márcio Donizetti Gomes, chefe do Setor de Manutenção.


Segundo o presidente do SAAE, atualmente estão registrados no Sistema de Atendimento ao Usuário da autarquia cerca de 1.500 vazamentos de água em diversos bairros de São Carlos, uma média de 15 solicitações de conserto/dia. “Além das nossas redes serem muito antigas e necessitarem de manutenção permanente, houve o fator da pandemia onde tivemos redução do horário de trabalho das equipes de 8 para 5 horas diárias, tudo isso para evitar aglomeração de servidores, e ficamos praticamente com um terço da equipe ativa, além do afastamento 22 encanadores, 20 auxiliares de serviços gerais e 15 motoristas que faziam parte das equipes de manutenção. São servidores com mais de 60 anos ou que apresentam alguma comorbidade, o que acumulou chamados e inviabilizou o atendimento imediato das demandas do serviço de reparo dos vazamentos de água”, explicou Marchezin.


“A empresa pretende atender de forma plena como o dimensionado no edital, tendo a equipe dentro do plano de referência e buscando atender toda a comunidade”, disse Túlio Cruz, engenheiro civil da empresa vencedora da licitação.


“A empresa tem experiência. Ela vai montar 3 equipes, como está previsto no edital, para atender o estoque de vazamentos. A ideia é emitir as ordens de serviços tão logo a empresa consiga instalar seu canteiro de obras, atendendo toda a cidade de maneira setorizada, com produtividade, eliminando esse estoque em atraso e reparando também os novos vazamentos”, finalizou Marchezin.