Saiba como funciona o teste realizado pela Prefeitura de São Carlos para detectar a COVID-19

Testes são realizados

A Prefeitura de São Carlos já realizou 90 testes em pacientes que apresentaram sintomas da COVID-19 no município.

Segundo a administração municipal, esses 90 testes do tipo PCR foram efetuados em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). Até o momento 72 tiveram resultado negativo para COVID-19, 9 apresentaram resultado positivo (todos esses resultados positivos já estão contabilizados no total de 40 casos que hoje a cidade tem para a COVID-19), sendo que destes, nove pacientes ainda aguardam o resultado dos seus exames.

Esse teste do tipo RT-PCR (do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction), é considerado o padrão-ouro no diagnóstico da COVID-19, cuja confirmação é obtida através da detecção do RNA do SARS-CoV-2 na amostra analisada, preferencialmente obtida de raspado de nasofaringe.

 

Passo a passo da RT-PCR:

Transforma RNA do vírus em DNA

DNA é amplificado

Se houver material genético do SARS-CoV-2 na amostra, sondas específicas detectam a sua presença e emitem um sinal, que é captado pelo equipamento em traduzido em resultado positivo.

Em caso de resultado positivo, a suspeita de COVID-19 é confirmada

A coleta pode ser feita a partir do 3º dia após o início dos sintomas e até o 10º dia, pois ao final desse período, a quantidade de RNA tende a diminuir. Ou seja, o teste RT-PCR identifica o vírus no período em que está ativo no organismo, tornando possível aplicar a conduta médica apropriada: internação, isolamento social ou outro procedimento pertinente para o caso em questão. Existem várias metodologias e protocolos para realização da RT-PCR, por isso, os resultados podem variar de um laboratório para outro.

(Informações de como funciona o teste são do site da Fleury Medicina e Saúde)